Com emoção!

Sub-20 do Glorioso vence o São José nos pênaltis e avança para a 3ª fase da Copinha

Atualizado em 12-01-2022 às 15:01

O Botafogo está classificado para a terceira fase da Copinha! Após o empate em 0 a 0 com o São José-RS no tempo normal, a equipe alvinegra levou a melhor nos pênaltis por 9 a 8 e saiu do Joaquinzão com a vitória nesta quarta-feira.

Na próxima fase da Copinha, o time comandado pelo técnico Ricardo Resende irá enfrentar o Taubaté-SP, equipe que já jogou contra na primeira fase e venceu. A partida será realizada novamente no Estádio Joaquim de Moraes Filho, ainda sem data e horário definidos.

O JOGO

Logo no primeiro minuto de jogo, Raí cobrou falta lateral direto para o gol e a bola pegou na rede pelo lado de fora. Com 27 minutos, Raí tocou para Gabriel Tigrão na meia-lua e a bola sobrou para Kauê que entrava pela direita, este finalizou forte e contou com o desvio na zaga para levar perigo ao gol adversário.

Na cobrança de escanteio pela direita, um minuto depois, Wendel Lessa cobrou, Gabriel Tigrão ganhou em cima e cabeceou pelo lado. Aos 43’, Raí achou Maranhão pelo meio, que ajeitou de letra para Gabriel Tigrão, este chutou rasteiro, Arthur defendeu e a bola ainda chegou a tocar o pé da trave.

Com três minutos da etapa final, Wendel Lessa cobrou falta de longe, a bola quicou e obrigou o arqueiro do São José a fazer bela defesa. Um minuto depois, Jefinho fez linda jogada individual pela esquerda e cruzou para Maranhão, que completou dentro da pequena área, mas o goleiro adversário fez um milagre.

Aos 17’, Raí recebeu pelo meio, carregou e soltou uma bomba para o gol, a bola foi no cantinho e Arthur fez outra grande defesa. Cinco minutos depois, Ewerton lançou Jefinho, que cruzou na medida para Gabriel Tigrão, este cabeceou para o chão e a bola saiu por cima com muito perigo.

Nos pênaltis, Raí, Wendel Lessa, Kawan, Maranhão, Liberato, Ewerton, Daniel Fagundes, Felipe e Carlos Henrique converteram suas cobranças. Além disso, o goleiro Maurício contou com penalidades na trave e depois no travessão para classificar o Botafogo.

Botafogo: Maurício; Carlos Henrique, Ewerton e Kawan; Wendel Lessa, Kauê (Felipe), Raí, Liberato e Jefinho; Gabriel Tigrão (Daniel Fagundes) e Maranhão. Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação

O Botafogo está classificado para a terceira fase da Copinha! Após o empate em 0 a 0 com o São José-RS no tempo normal, a equipe alvinegra levou a melhor nos pênaltis por 9 a 8 e saiu do Joaquinzão com a vitória nesta quarta-feira.

Na próxima fase da Copinha, o time comandado pelo técnico Ricardo Resende irá enfrentar o Taubaté-SP, equipe que já jogou contra na primeira fase e venceu. A partida será realizada novamente no Estádio Joaquim de Moraes Filho, ainda sem data e horário definidos.

O JOGO

Logo no primeiro minuto de jogo, Raí cobrou falta lateral direto para o gol e a bola pegou na rede pelo lado de fora. Com 27 minutos, Raí tocou para Gabriel Tigrão na meia-lua e a bola sobrou para Kauê que entrava pela direita, este finalizou forte e contou com o desvio na zaga para levar perigo ao gol adversário.

Na cobrança de escanteio pela direita, um minuto depois, Wendel Lessa cobrou, Gabriel Tigrão ganhou em cima e cabeceou pelo lado. Aos 43’, Raí achou Maranhão pelo meio, que ajeitou de letra para Gabriel Tigrão, este chutou rasteiro, Arthur defendeu e a bola ainda chegou a tocar o pé da trave.

Com três minutos da etapa final, Wendel Lessa cobrou falta de longe, a bola quicou e obrigou o arqueiro do São José a fazer bela defesa. Um minuto depois, Jefinho fez linda jogada individual pela esquerda e cruzou para Maranhão, que completou dentro da pequena área, mas o goleiro adversário fez um milagre.

Aos 17’, Raí recebeu pelo meio, carregou e soltou uma bomba para o gol, a bola foi no cantinho e Arthur fez outra grande defesa. Cinco minutos depois, Ewerton lançou Jefinho, que cruzou na medida para Gabriel Tigrão, este cabeceou para o chão e a bola saiu por cima com muito perigo.

Nos pênaltis, Raí, Wendel Lessa, Kawan, Maranhão, Liberato, Ewerton, Daniel Fagundes, Felipe e Carlos Henrique converteram suas cobranças. Além disso, o goleiro Maurício contou com penalidades na trave e depois no travessão para classificar o Botafogo.

Botafogo: Maurício; Carlos Henrique, Ewerton e Kawan; Wendel Lessa, Kauê (Felipe), Raí, Liberato e Jefinho; Gabriel Tigrão (Daniel Fagundes) e Maranhão. Técnico: Ricardo Resende.

 

Assessoria de Comunicação


Norsk