notícia

A Pequena Notável

Conheça mais sobre Neuci, ídola do basquete alvinegro
Atualizado em 13-01-2015, 15:01

Tetracampeã de basquete (1960-1961-1962-1963) e uma das principais atletas da história do clube, Neuci Ramos da Silva faleceu no último de 9 de janeiro, uma morte muito sentida em virtude da sua importância para o Botafogo. Neuci fez parte das equipes de todos os títulos da saga do tetra. Por sua habilidade, aliada à baixa estatura, ficou conhecida como "Pequena Notável", além de carregar apelidos como "A Garrincha do Basquete" e os adjetivos "imarcável" e "incansável".

O historiador botafoguense Carlos Vilarinho, autor dos livros "O Futebol do Botafogo 1951-1960, 1961-1965, 1966-1970", em três volumes, gentilmente relacionou as menções que fez à Neuci em suas obras. No passo a passo abaixo dá para se ter uma ideia da importância da Benemérita Neuci.

Março de 1955 - Nos II Jogos Pan-Americanos, o Brasil conquistou a medalha de bronze no basquete feminino. O Botafogo esteve representado por três craques: Eugenia, Marlene e Neuci.

Outubro de 1957 - No II Campeonato Mundial de basquete feminino, o Brasil terminou em 4º lugar. Neuci e Marlene representaram o Botafogo.

Setembro de 1959 - Nos III Jogos Pan-Americanos, o Brasil conquistou a medalha de prata no basquete feminino. Marlene e Neuci fizeram sua parte.

Agosto de 1960 - Na terça-feira, 23, no Maracanãzinho, o Botafogo atropelou o Fluminense no primeiro jogo da melhor de três (50x33). Na quinta-feira, com a cesta decisiva de Marlene, em passe de Eugenia, o Botafogo (que igualara em 41x41) virou para 43x41, conquistou uma vitória sensacional, sagrando-se campeão carioca de basquete feminino. A campanha foi magnífica: 17 vitórias em 18 jogos, marcando 1086 pontos, contra 435 sofridos. As duas maiores cestinhas do Glorioso foram Marlene (402) e Neuci (229).

Outubro de 1961 - o Estádio de General Severiano foi palco da abertura da V Olimpíada do Botafogo. Neste ano, o magnífico evento idealizado por Alceu Mendes de Oliveira Castro e Margarida Tereza Nunes Leite contou com 675 participantes das seguintes modalidades: aeromodelismo, arco e flecha, atletismo, basquete, boliche, futebol, halterofilismo, judô, pólo aquático, tênis de mesa, voleibol e xadrez. A honra suprema de conduzir a Tocha Olímpica coube a Neuci Ramos da Silva, "A Garrincha do Basquete". A medalha “Honra à Fidelidade”, conferida aos atletas que defendessem a sua bandeira em 10 anos consecutivos ou 12 anos intercalados, foi entregue a Lucia Mendes de Oliveira Castro (filha de Oliveira Castro) e Epaminondas Filho.

Outubro de 1961 - No Maracanãzinho, encerrou-se a Semana da Asa, com a entrega da Medalha do Mérito Santos Dumont. Por decreto de João Goulart, foram condecorados Paulo Azeredo, João Lyra Filho (presidente no biênio 1940-1941) e Maurício de Andrade Bekenn (benemérito desde o CR Botafogo). Ao final da cerimônia, foi disputado um amistoso entre as equipes campeãs de basquete feminino, carioca e paulista. Liderado por Eugenia, Luci, Marlene e a pequena notável Neuci, o Botafogo, bicampeão (1960-1961), derrotou o XV de Piracicaba por 54x41.

Maio de 1963 - Nos IV Jogos Pan-Americanos, o Brasil perdeu para os EUA na decisão-extra do torneio de basquete feminino (43x59), ficando com a medalha de prata. Marli e Neuci representaram o Botafogo.

Setembro de 1963
- No Maracanãzinho, o Botafogo (dirigido por Charles Borer), com um show coletivo de raça e técnica, mas destacando-se a pivô alemã Renate (seriamente contundida no joelho esquerdo e lutando à base de injeções) e Neuci, derrotou o Flamengo na terceira partida da melhor de três (60x57), e se sagrou tetracampeão carioca de basquete feminino.

DSC08855

Em março de 1964 -  a Confederação Brasileira de Basquete entregou a Renate o prêmio de melhor jogadora da temporada de 1963.

Novembro de 1964 - No sábado (às 20h05), dia 14, estreou na TV Continental, o programa de auditório “Neuci, a Estrelinha Solitária”. Boa cantora, Neuci lança para o Natal um compacto com o mesmo título do programa.

Setembro de 1965 - no Maracanãzinho, o Brasil arrasou o Chile (83x24) e sagrou-se campeão do X Campeonato Sul-Americano de basquete feminino. Neuci e Marlene representaram o Botafogo.

neuci

DSC08844

Assessoria de Imprensa