notícia

Moral Elevada

Sub-15 bate Fluminense e segue no G4 da Taça Rio; Classificado, Sub-17 vence nos pênaltis
Atualizado em 25-10-2014, 23:50

A tarde de sábado foi de clássico em Várzea das Moças. Pela penúltima rodada da Taça Rio, o Botafogo recebeu o Fluminense em duas categrorias e conseguiu sair com bons resultados. No Sub-15, o Alvinegro derrotou o adversário por 1 a 0 com gol de Wendell e se manteve no G4. Já a equipe Sub-17, empatou por 0 a 0 no tempo normal, em um jogaço de bola. Nos pênaltis, o Glorioso saiu vencedor. Com isso, seguiu na liderança da competição.

Na última rodada ambas as equipes enfrentam no próximo sábado, fora de casa, o Bonsucesso. O Sub-15 para assegurar a classificação só depende de uma vitória. Já classificado, o Sub-17 com um resultado positivo pode garantir a primeira colocação na tabela e conquistar a vantagem do empate na próxima fase.

Sub-15 derrota Fluminense por 1 a 0 e fica próximo da classificação

Em campo, dois grandes times prontos para batalhar em mais uma partida decisiva na competição. O Glorioso querendo muito a vitória para se aproximar da vaga para a próxima fase foi para cima e pressionou o Fluminense durante boa parte do primeiro tempo, chegando com perigo mais vezes que o fluminense.

Apesar de possuir mais posse de bola, a equipe tricolor levou pouco perigo ao gol do goleiro André, esbarrando no bom setor defensivo do Botafogo. Após a parada técnica, em excelente jogada de Enrico pela direita. O meia cruzou para dentro da área e o número 9, Wendell, desviou para abrir o placar a favor do Botafogo. 1 a 0.

No restante do primeiro tempo, a equipe do Fluminense buscou o empate, mas não obteve sucesso. O fato triste foi a lesão do goleiro André, que, após fazer boa cobertura defensiva, sofreu uma pancada na canela de seu próprio companheiro de equipe Willian, que foi empurrado pelo camisa 7 tricolor, Paulo Vitor. André foi substituído pelo goleiro Júlio César.

Após boa atuação no primeiro tempo, a equipe alvinegra seguiu levando mais perigo que o tricolor das laranjeiras na segunda etapa. Novamente, com maior porcentagem de posse de bola, o Fluminense tentava o gol de empate com a velocidade dos seus atacantes.

Porém, a defesa do Botafogo sempre bem postada teve bela atuação. Um dos destaques do Botafogo, o número 10, Erick, chegou com perigo em duas oportunidades mas o placar permaneceu o mesmo até fim.

Fim de Partida. Ótima partida com resultado positivo para garotada ficar cada vez mais perto da próxima fase.

Botafogo: André(Julio Cesar); Willian, Sanderson, Michel e Lucas Barros; Guga, Maradona, Enrico(Alexandre) e Erick; Mateus Bastos(Coutinho) e Wendell.
Técnico: Phelipe Leal

Já classificado, Sub-17 fica no 0 a 0 com Fluminense em jogaço e leva a melhor nos pênaltis

No gramado, as equipes com as melhores campanhas até então na competição. O clássico entre Botafogo e Fluminense, como sempre, é uma partida emocionante e esse não fugiu a regra. Os jovens proporcionaram um espetáculo para a torcida que esteve presente ao CT em Várzea das Moças.

Em um jogo rápido e bastante pegado, o Fluminense tentou pressionar nos primeiros 10 minutos de partida e teve uma boa chance de marcar logo no início. Em jogada veloz, o atacante tricolor chegou cara a cara com Victor e conseguiu bater na saída do goleiro. Porém, Lyanco bem postado e atento na cobertura salvou o gol em cima da linha.

O Glorioso não se abalou e conseguiu ser superior durante o restante da primeira etapa. O artilheiro Luis Henrique teve uma chance de marcar. De canhota, o camisa 9 finalizou bem e a bola passou perto. Cassiano também teve uma oportunidade de abrir o placar após bonita tabela com Luis Henrique, a bola raspou a trave.

Mantendo a pressão como característica padrão, o Alvinegro ainda quase viu o zagueiro adversário fazer um gol contra após cruzamento de Ion. O Goleiro tricolor fez grande defesa. O Fluminense apostou nos contra-ataques, em um deles, o camisa 9 tricolor ficou cara a cara com o goleiro Victor, o paredão alvinegro cresceu e fez um milagre salvando o gol.

Na segunda etapa, a equipe alvinegra se manteve no controle das ações. A chance mais perigosa da equipe foi com Lima. O atacante invadiu área após tabela com Matheus Fernandes e bateu de primeira cruzado com força. A bola passou tirando tinta do travessão. Luis Henrique também teve uma chance de marcar porém o placar não saiu do zero.

Como regra da competição, as partida empatadas vão para disputas de pênaltis e o vencedor conquista mais 1 ponto. A garotada alvinegra mostrou sabedoria e competência. Lyanco, Lima, Luis Henrique, Kanu e Felipe, todos converteram suas cobranças para o alvinegro. O Fluminense parou na estrela do goleiro Victor, o camisa 1 brilhou e defendeu o segundo pênalti tricolor. Final 5 a 4 Fogão!

Além do ponto do empate, a garotada alvinegra ainda levou mais 1 ponto importante para ajudar a equipe para tentar a garantir a primeira colocação geral na próxima e última rodada.

Botafogo: Victor; Cassiano, Lyanco, Kanu e Zyan; Matheus fernandes(Átila), Ion(Rickson) e Alison(Felipe); Lucas Campos e Luis Henrique.
Técnico: Felipe Conceição

Assessoria de Imprensa