notícia

Confiança mantida

Recuperado, Carlos Alberto acredita no plantel e quer ajudar o Botafogo
Atualizado em 02-10-2014, 17:45

No momento em que o Botafogo busca uma alavancada no Campeonato Brasileiro, todo reforço é bem-vindo. Recuperado de lesão e de volta ao time, Carlos Alberto vive a expectativa de poder ajudar. Confiante na recuperação do Alvinegro, o meia garantiu dedicação e motivação de sobra para deslanchar já no confronto direto contra o Vitória, sábado, no Barradão.

- O meu sentimento é de ajuda nesse momento que o time precisa. Estou me preparando a cada dia, sigo atento a todas as recomendações e quero jogar. Precisamos esquecer esse resultado ruim na Copa do brasil e pensar em vencer o Vitória, o que nos dá uma pespectiva boa de futuro - disse Carlos Alberto.

À vontade, Carlos Alberto concedeu entrevisa coletiva após o treino desta quinta-feira no Stadium Rio. Confira os principais trechos:

CLASSIFICAÇÃO NA COPA DO BRASIL


- Pelo jogo de ontem mostrou que é muito capaz. Na minha opinião o Botafogo jogou muito melhor no primeiro tempo e no segundo tempo quase conseguimos empatar a partida. Tivemos algumas infelicidades na partida e no momento em que vivemos passa a ter um peso maior. Temos que acreditar porque nessa hora não pode bater aquela insegurança. Essa força que vamos tentar tirar. Problemas nós temos muitos e nos resta pensar no que podemos dar de melhor para ajudar nesse momento difícil.

VOLTA AO TIME

- Estou na expectativa boa de ajudar. Quando você vive um momento difícil e só te resta torcer é mais difícil, mas quando você está presente e pode ajudar em alguma coisa é sempre agradável. Os jogadores que nós temos são capazes o suficiente para suportar a pressão. O que menos precisamos agora é estarmos enfraquecidos e vamos com tudo para cima do Vitória.

VITÓRIA NO BARRADÃO


- Será um jogo muito difícil e não tem nem o que falar muito, é fazer. Temos feito bons jogos, pecado em algumas coisas, mas que esses detalhes passem a ser a nosso favor. Ninguém pode reclamar da dedicação dos jogadores, que estão dando o máximo em campo e essa entrega é necessária para nos tirar desse momento. Ninguém disse que ia ser fácil e temos que ter a consciência que estamos no caminho certo.

JOGOS CONTRA ADVERSÁRIOS DIRETOS

- Esses dois jogos são importantíssimos para nós, mas primeiro tenho que pensar no vitória para alcançar uma sequência. Vão ter outros jogos também e não queremos ficar nessa dificuldade até o fim do ano. Espero que nesse jogo a gente consiga a vitória.

BOTAFOGO SEM JEFFERSON

- A gente tem no elenco jogadores que esperam uma oportunidade e num momento complicado como esse o Jefferson ajudaria muito, mas no futebol não há tempo para lamentar. Que possam entrar para nos ajudar dentro de campo.

PONTUAÇÃO NO BRASILEIRÃO


- Agente conversa bastante e isso me deixa tranquilo em relação as dificuldades que ainda virão. Quando você conta com nomes que já tem história no futebol, caras que aguentam algumas porradas, acaba ajudando aqueles que precisam mais. Nosso ambiente é maravilhoso e esperamos com a força de todos para voltar a vencer. Hoje o jogador tem um esclarecimento e recebe informações do setor que analisa os jogos. Sabemos da importância e vamos entrar com um comportamento de quem quer vencer.

CONFIANÇA NO TRABALHO


- Se eu não tiver uma convicção naquilo que eu faço, não posso vir treinar todo dia. Eu tenho que acreditar, ser otimista e agradecer a Deus todos os dias por fazer o que eu gosto. Enquanto você depende das suas próprias forças você tem que enfrentar e vencer.

JOBSON

- Espero que tenha paciência. Lidar com a ansiedade não é uma das coisas mais fáceis. Certamente ele está com uma expectativa enorme. Assim que ele for liberado para jogar nos ajudará muito. O gesto do clube e da comissão em ajudá-lo é nobre, talvez em outro lugar não tivesse outra chance. Espero que ele siga o bom caminho como todos esperam.

O Botafogo fará o último treino no Rio na manhã de sexta-feira, no Stadium Rio. A delegação seguirá para Salvador, onde enfrentará o Vitória, sábado, no Barradão, em partida válida pela 26ª rodada.

Marcos Silva