notícia

É possível

Mancini vê Copa do Brasil como estímulo e irá com força total
Atualizado em 30-09-2014, 22:40

Enquanto busca a recuperação no Campeonato Brasileiro, o Botafogo segue firme na Copa do Brasil e vai para o primeiro jogo das quartas de final nesta quarta-feira, às 19h30, diante do Santos, no Maracanã. O que é visto por muitos como uma preocupação a mais, para o treinador vagner Mancini é a chance de elevar a moral do grupo com um modo de disputa que todo jogador gosta de jogar: o mata-mata.

- Acho que sim. Tirando o Cruzeiro, as outras sete equipes brigarão pelo título para coroar o ano. Não vamos esquecer do Brasileiro, mas um título nacional gera uma valorização muito grande e o torcedor também gosta. Acho que pode salvar o ano de muita gente e por isso é muito interessante. O torcedor brasileiro gosta do mata-mata e óbvio que pensamos dessa forma.

Espero que as coisas conspirem ao nosso favor - disse Mancini, que já foi finalista da Copa do Brasil duas vezes, sendo Campeão com o Paulista em 2005. Adepto ao bate-papo, Mancini mantém uma boa relação com o elenco e deposita nos seus comandados a confiança necessária para um tipo diferente de competição. Mancini acredita que o time entrará em campo mais solto na Copa do Brasil, já que precisa se preocupar somente com o seu desempenho e, diferente do Brasileirão, não precisa contar com outros resultados.

- O atleta sabe que vai enfrentar o Santos e o jogo estará 0 a 0, em igualdade de condições. Diante do Grêmio nós sentimos a ansiedade dos jogadores para vencer e tirar o time da zona de desconforto, o que não acontece na Copa do Brasil, que tem um gosto especial para todos nós que vivemos no futebol - analisou o treinador.

Após a disputa da Libertadores, o Botafogo entrou na Copa do Brasil já nas oitavas de final da Copa do Brasil e de cara encarou o Ceará, time com boa campanha na Série B. O Alvinegro venceu, mas Mancini espera um Botafogo mais esperto diante do Santos, principalmente no confronto dentro do Maracanã.

- Acho que o Btoafogo tem que fazer um jogo mais inteligente do que fez contra o Ceará, no Maracacã. Acabamos tomando dois gols no primeiro tempo e ficou ainda mais difícil reverter, sem falar que o Jefferson ainda defendeu um pênalti naquele jogo. Diante do Santos temos que ter uma postura melhor. Eles têm um ataque muito leve e já enfrentamos o Santos no mesmo Maracanã com dificuldades. O Botafogo sabe que para passar do Santos terá que jogar mais do que fez contra o Ceará - alertou Mancini.

Com 50% de aproveitamento na Copa do Brasil, o Glorioso soma 1 vitória, 1 derrota, 5 gols pró e 5 gols contra. Diante do Santos, a chance de largar na frente por uma vaga entre os quatro melhores da competição nacional. A situação oposta ao Campeonato Brasileiro faz Mancini pensar que é possível chegar longe, já que o que se vê na disputa por pontos corridos pode não prevalecer no mata-mata.

- É uma grande oportunidade. O Botafogo está tendo o que o Flamengo teve no ano passado e não podemos avaliar a Copa do Brasil pelo Campeonato Brasileiro que essas oito equipes disputam. Muita gente já colocou o Cruzeiro na semifinal, mas tem o ABC antes, por exemplo...Tenho passado aos atletas a oportunidade de conquistar um título inédito e faltam seis jogos para encerrar um ciclo vitorioso - avaliou Vagner Mancini.

Ainda sem a definição do time que enfrentará o Santos, Mancini só tem uma certeza: irá com força máxima.

- O time eu ainda não tenho, até porque ainda não tive tempo para montar a escalação. Achamos melhor fazer outro tipo de atividade para tirar um pouco do peso e do desgaste do último jogo. O Botafogo vai com quem tem de melhor. Pode chegar um momento do jogo que tenhamos que tirar a, b ou c devido ao desgaste físico, mas entraremos com o que temos de melhor - encerrou o treinador.

Confira a galeria de fotos do treino desta terça-feira na imagens de Vítor Silva/ SSPress!


Marcos Silva