notícia

Botafogo 1 x 0 Goiás

Fogão vence no Maracanã com gol de Bolívar e vai a 26 pontos
Atualizado em 25-09-2014, 21h21

 

 

O Botafogo se reencontrou com a vitória nesta quinta-feira, no Maracanã. Com atuação segura e sem correr riscos diante do Goiás, o time venceu por 1 a 0, com gol de Bolívar, e chegou a 26 pontos no Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Grêmio, domingo, também no Maracanã.

O JOGO


No Maracanã, o Botafogo tinha o apoio de torcedores que cantaram o tempo inteiro e o retorno de titulares (Bolívar, Julio Cesar, Gabriel, Ramírez e Emerson). Porém, pela frente havia um adversário embalado pela vitória por 6 a 0 sobre o Palmeiras e que se postou bem defensivamente.

A tônica do primeiro tempo foi domínio do Botafogo, troca de passes, diversos escanteios, mas poucas chances. Com a defesa rival congestionada, Gabriel arriscou aos 25, deu belo balão e chutou para fora, de longe.

As outras duas oportunidades vieram com André Bahia. Aos 33, ele cabeceou após cruzamento de Ramírez e Renan encaixou. Aos 36, Wallyson foi ao fundo e rolou para trás, o zagueiro desviou e o goleiro adversário evitou o gol, com o pé.

Na etapa final, novamente André Bahia ameaçou, com cabeçada perigosa. O Botafogo era melhor, mais incisivo e teve um pênalti aos 10, quando Wallyson foi derrubado por Thiago Mendes. Na cobrança, porém, Emerson Sheik parou em defesa de Renan.

O Botafogo teve o mérito de manter a cabeça no lugar e o controle do jogo, até chegar ao seu gol. Aos 16, após cobrança de escanteio de Wallyson e desvio de Zeballos, Bolívar mandou de cabeça para a rede e anriu o placar. Botafogo 1 x 0 Goiás!

Apesar da vantagem, o Botafogo seguiu com a bola e teve chance de ampliar. Em duas boas jogadas pela direita, Dankler e Zeballos obrigaram Renan a trabalhar. Aos 28, após cruzamento com efeito de Dankler, Emerson subiu muito para cabecear, por cima.

O Goiás, enfim, se lançou ao ataque, sem criar chances reais. Porém, obrigava o Botafogo a se organizar defensivamente e procurar contra-ataques, não tendo mais tanta posse de bola. O mais importante era segurar a vitória, que veio e foi fundamental para o Glorioso!

GALERIA DE FOTOS




BOTAFOGO:
Jefferson, Dankler, Bolívar, André Bahia e Julio Cesar; Gabriel, Airton e Ramírez; Zeballos (Fabiano), Emerson e Wallyson (Carlos Alberto). Técnico: Vagner Mancini.

Danilo Santos