notícia

Bienvenido

Bolatti é apresentado e promete dar o máximo para ser mais um estrangeiro de sucesso
Atualizado em 15-01-2014, 15h45

Em ano de Libertadores, o Botafogo aumenta sua quantidade de sul-americanos no elenco. Nesta quarta-feira, foi a vez de o argentino Bolatti ser apresentado oficialmente como jogador do clube. Ele recebeu a camisa alvinegra das mãos do gerente técnico Sidnei Loureiro.

Já treinando em Saquarema desde sábado, Bolatti vem tendo uma rápida adaptação, facilitada pelo uruguaio Lodeiro e pelo também argentino Ferreyra, que iniciou os treinos no clube. O volante considera que pode ter uma boa temporada, ajudar bastante o Botafogo e ser mais um gringo de sucesso no Glorioso.

Veja as fotos de Satiro Sodré / SS Press / BFR da apresentação!




Confira os principais trechos da coletiva de Bolatti:

LIGAÇÃO DO BOTAFOGO COM ESTRANGEIROS


"Eu também acho que é importante. Como sou argentino, quando estou fora do país e tenho companheiros assim, fica mais fácil a adaptação. Signifca muito. E é importante fazer parte do Botafogo, um clube que historicamente tem jogadores estrangeiros que deixam boa marca".

OBJETIVO


"O mais importante é o grupo estar unido e superar qualquer coisa. Temos jogadores argentinos, uruguaios e brasileiros. É preciso poder estar unido para brigar pela Libertadores. Seria um título muito importante".

ACERTO


"Estou muito agradecido de fazer parte deste clube, de gente muito boa, jogadores de grande nível e meninos começando com alta qualidade. Vai ser um ano diferente por causa das muitas competições, mas o grupo está se preparando para entrar bem e tentar fazer o melhor".

LIBERTADORES

"Vou contribuir dando o meu maior esforço e o melhor de mim. É uma competição diferente, nada a ver com outras. Não é fácil ganhar. Mas esse grupo tem que mentalizar que pode conseguir. Isso vem com o tempo".

"A Libertadores é uma grande motivação para todo jogador. Mas outras coisas pesaram para a minha vinda. O Botafogo ultimamente está fazendo um grande trabalho, brigou pelo último Brasileirão, tem jogadores de nome e uma comissão técnica muito organizada".

CARACTERÍSTICAS

"Joguei sempre de volante central. É minha função. Mas estou à disposiçaõ do treinador para fazer o que ele mandar. Minha função é distribuir o jogo e ler a jogada. São as minhas características. Gosto de estar de frente para a jogada, ver o momento de carregar a bola e continuar ou ficar na minha posição".

DISPUTA INTERNA

"Tem muitos jogadores, mas tem muitas competições. O Botafogo vai jogar muitos torneios, isso dá oportunidade para todos. Todo mundo tem que estar preparado para aproveitar sua chance no momento certo.

PASSAGEM PELO INTERNACIONAL

"Comecei bem no Inter, mas você se machuca, tem lesões, treinadores gostam mais de um ou de outro jogador. É complicado. O que vale é que o Inter foi um passo muito importante para a minha carreira, mas já ficou para trás. Hoje quero dar o melhor de mim para deixar o Botafogo no mais alto possível".

SELEÇÃO ARGENTINA

"Jogador que passou pela seleção sempre tem o sonho de voltar. Mas sou consciente que hoje o momento é delicado. Minha intenção é dar o melhor para o Botafogo e para a seleção olhar um pouco. Mas o grupo está armado e bem fechado, é complicado fazer parte deste grupo".

Danilo Santos