notícia

CAMPEÃO NA GARRA

De forma heróica, Sub-15 vence o Vasco nos pênaltis e se sagra campeão da Taça GB
Atualizado em 09-08-2014, 15:00

O Botafogo é campeão da Taça Guanabara Sub-15 de 2014. O Glorioso derrotou o Vasco da Gama na manhã deste sábado, no CT de Itaguaí nos pênaltis por 7 a 6, após ter empatado na garra por 1 a 1 no tempo normal. O gol da partida foi de Bruno Ribeiro. Nas penalidades, a estrela do goleiro suplente Julio Cesar brilhou.

CONFIRA OS BASTIDORES DA CONQUISTA NA TV DO FOGÃO:

Presente para acompanhar e apoiar de perto os garotos nesse momento importante. O Gerente Técnico das categorias de base do Botafogo, Ney Souto, comentou sobre o título e trabalho desenvolvido na base.

- Foi um título importante para coroar o trabalho que vem sendo feito desde o começo do ano. Essa equipe foi reformulada desde a comissão técnica até os atletas. O trabalho foi árduo, foi duro e o resultado foi mais do que merecido. O trabalho da comissão técnica, da coordenação, da gerência, da psicologia e de todos os departamanetos, todos integrados foi premiado com esse título -, disse Ney Souto.


Sub-15 recebe o troféu de Campeão da Taça Guanabara Sub-15

Sem descanso, a equipe não vai ter muito tempo para comemorações. No próximo sábado, o Alvinegro já encara o Madureira pela primeira rodada da Taça Rio, em Conselheiro Galvão.

O JOGO

Sob um tempo chuvoso, a disputa da final do campeonato aqueceu os ânimos no CT de Itaguaí. A partida iniciou de forma bastante equilibrada com as duas equipes se estudando e buscando os melhores espaços em campo.

A primeira oportunidade do jogo foi do Botafogo aos 10 minutos. Wendell tabelou com Coutinho, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou por toda a pequena área assustando a zaga adversária. No lance seguinte, o Vasco respondeu com um contra-ataque rápido que terminou com uma conclusão para fora.

Na segunda metade do primeiro tempo, a partida seguiu disputada com chance para os dois lados. O Vasco chegou duas vezes ao gol alvinegro. Já o Glorioso teve três chance com Coutinho, Bruno e Enrico porém todas sem sucesso.

No segundo tempo, a equipe da casa voltou pressionando e mais ofensiva. Aos 5, o atacante tentou um gol por cobertura mas a bola foi para fora. Aos 8, em um ataque rápido pela esquerda, a bola foi cruzada na área e o jogador da equipe vascaína completou. 1 a 0 Vasco.

O comandante alvinegro fez algumas alterações no time mas o time cruzmaltino seguiu aproveitando os contra-ataques. Aos 23, o jovem Robinho foi lançado em velocidade livre pela direita. O goleiro André foi obrigado a sair da meta e parar o lance providencialmente. O árbitro assinalou falta e expulsou o jogador alvinegro que saiu de campo muito aplaudido. Para substitui-lo, o arqueiro suplente Julio Cesar entrou no lugar de Erick.

Mesmo em desvantagem numérica em campo e no placar, o Botafogo não desistiu e se lançou ao ataque na base do coração. ate que aos 31 veio a recompensa. Enrico foi derrubado na área. Pênalti para o Botafogo. Bruno Ribeiro cobrou com categoria e empatou. 1 a 1.

Nos minutos finais o Glorioso ainda teve mais duas chances mais não foram bem aproveitadas a partida terminou empatada e decisão ficou para as penalidades.

Foi nessa hora que o destino agiu e estrela do goleiro Julio Cesar, que havia iniciado a partida como reserva brilhou. O paredão alvinegro defendeu dois pênaltis e coube a Monteiro bater o último pênalti da decisão. O atacante cobrou com tranquilidade e deu fim as batidas alternadas.

Fim de papo. 7 a 6 nos pênaltis e muita fez da garotada alvinegra. Um título mais do que merecido, de forma heróica, na raça e com muita vontade os meninos podem bater no peito e gritar "É Campeão!".

Botafogo: André; Siqueira, Paulo Cesar, Michel e Lucas Barros; Guga, Bruno Ribeiro, Enrico e Erick. Wendell e Coutinho.
Suplentes: Julio César, Willian, Sanderson, Cayo, Pedro Gabriel, Alexandre, Pedrinho e Monteiro.
Técnico: Phelipe Leal

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DO TÍTULO DO FOGÃO:


Fabio de Paula