notícia

Evolução constante

Gatito exalta estilo de Barroca e também destaca pontos para desenvolvimento coletivo
Atualizado em 07-05-2019, 19:39

A segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro veio no confronto contra o Fortaleza, o que garantiu seis pontos ao Glorioso nos jogos disputados no Estádio Nilton Santos. O próximo desafio também será no Rio de Janeiro, no Maracanã, sábado, às 16h, em confronto com o Fluminense. Um dos pilares da equipe, Gatito Fernández falou com satisfação do trabalho de Eduardo Barroca e também destacou pontos que a equipe precisa seguir evoluindo na temporada. Ajustes para buscar a primeira vitória em clássicos na temporada.

- Ele(Barroca) chegou com a ideia de cobrar, de buscar o mínimo de erros nos treinamentos. Vai ser praticamente um jogo em casa contra um rival que está bem. Acho que vai ser um jogo bom, nada melhor do que ser no Rio de Janeiro. Temos que manter o trabalho, conseguimos pegar a ideia do Barroca, estamos gostando. É aprimorar para conseguir a vitórias. Precisamos de ganhar um clássico, espero que consigamos continuar pontuando - disse Gatito.

Com a melhor campanha entre os times do Rio neste início de competição, Gatito sabe que ainda é cedo para qualquer análise, mas destaca a boa largada do Botafogo no Brasileirão 2019.

- Estamos fazendo uma campanha muito boa, temos que tirar proveito disso para trazer confiança. Mas não podemos achar que tudo está certo, temos coisas a melhorar. Temos que focar nessas nove rodadas antes da Copa América para ficarmos mais confortáveis no campeonato - disse o arqueiro.

E o confronto com o Fluminense será marcado por duas equipes com a confiança em alta. O Glorioso vem embalado por duas vitórias em casa, enquanto o rival voltou ao Rio após superar o Grêmio de virada no Sul. Gatito espera um bom jogo e aponta um dos caminhos para "desempatar" a fórmula de controle da posse de bola dos dois times.

- Acho que vai ser um jogo de igual para igual. O Fluminense vem trabalhando há mais tempo com o Diniz, mas nós já estamos entendendo bem o Barroca. Vamos tentar ficar com a posse de bola, mas ter mais objetivo, buscar o rival, finalizar mais. Estamos no caminho certo. Os dois times vão procurar a posse, temos que tentar recuperar a bola o mais rápido quando perdermos e conseguir fazer nosso jogo. Quanto mais rápido termos a posse, não vamos sofrer muito. Temos que estar atentos a todos os detalhes - frisou.

Quanto ao estilo de jogo de Barroca, Gatito não vê dificuldades quando o assunto é jogar com os pés. O goleiro falou da liberdade dada pelo treinador nesse momento do jogo e disse já estar adaptado.

- O Barroca tem a ideia de sair jogando, mas ele me deixa muito à vontade. Se eu não conseguir sair jogando, também não é necessário. Isso transmite segurança. Estou acostumado, porque treinadores de antes já cobravam a saída de bola - encerrou.

Assessoria de Imprensa