notícia

Resultado fundamental

Barroca comemora vitória do Botafogo e destaca vontade do grupo de dar resposta
Atualizado em 03-05-2019, 11:05

A primeira vitória de Eduardo Barroca como técnico profissional do Botafogo veio no primeiro jogo em casa. O triunfo por 3 a 2 sobre o Bahia, nesta quinta-feira, representou mais que os três pontos na tabela no Campeonato Brasileiro. Significou tabém a volta da confiança e um estímulo para as próximas rodadas.

Em entrevista coletiva, Barroca destacou os méritos dos jogadores e projetou começar bem o Brasileirão.

Confira os principais trechos:

REAÇÃO

- Esses jogadores estão trabalhando muito forte, estão incomodados com os resultados de 2019 até aqui. Eles querem dar uma resposta a todos. Isso para mim é claro. Tem tentado reagir a todos os meus estímulos. Eles sabem da importância desses primeiros noves jogos antes da Copa América. Para aí sim na parada a gente conseguir planejar a médio e longo prazo. Os jogadores tem um mérito muito grande na vitória. Tomamos um gol cedo de uma equipe bem treinada. Na situação que vivemos, reverter isso foi muito importante. 

FORTALEZA

- É muito melhor se preparar para pegar o Fortaleza fazendo ajustes na vitória. Foi um resultado fundamental para nós. Exalto os jogadores, que se entregaram e têm trabalhado sério. Fazer os ajustes necessários nessa situação é muito melhor.

VIRADA

- Tomamos um gol muito cedo, não esperávamos isso. Queríamos pressionar o Bahia desde o início. Nesse contexto, diante dos resultados no início do ano, o jogo não ficou bom para nós. Mas rapidamente trouxemos o jogo para a nossa característica e conseguimos algo muito difícil no primeiro tempo com uma virada importante, com imposição.

ETAPA FINAL

- No segundo tempo, a gente pressionou menos do que deveria. Estamos em um momento de virada de chip. Tenho exigido sempre intensidade. E para jogar assim sempre precisa de tempo. Deixamos de pressionar e o jogo saiu do que imaginávamos. Mas a vitória foi importante, sabíamos da importância desse jogo em casa. O Bahia é uma equipe forte.

ESTRATÉGIA

- Era um jogo que o Bahia começou com duas linhas de quatro e dois atacantes. Tentar fazer o 3 x 2 no meio em cima dos volantes deles seria interessante. Dai a movimentação de Bochecha, Cícero e João Paulo. Queríamos progredir com o controle da bola e funcionou muito bem no primeiro tempo.

RECEPTIVIDADE DO ELENCO

- Não vi resistência alguma desde o primeiro dia. Claro que não vou propor algo que eles não entendam como factível. Estamos em um início de trabalho, que eles se sintam à vontade, importante, que entendam que essa forma de jogar vai aproximar o Botafogo da vitória na maior parte do tempo.

BOCHECHA

- Gustavo Bochecha foi muito importante nesses dois jogos na retenção de bola, em fazer o time fluir. Assim como Jean, Alan Santos, acho que o Botafogo tem jogadores de bom nível nessa posição. Ele foi muito importante nessa vitória contra o Bahia.

LATERAL ESQUERDA

- Não sei se o Jonathan volta domingo. Vamos ter mais noção nesta sexta. Estou feliz pela atuação do Gilson, ele merece, é trabalhador. Fez grande partida. Torcida do Botafogo não pega no pé do Gilson, ela reconhece quando o jogador vai bem. Foi o que aconteceu. É um jogador que tem o respeito de todos, participou do gol do João Paulo e foi importante para a vitória.

ARBITRAGEM

- Acho que o árbitro foi muito bem. Foi uma grande partida, de duas equipes que tentaram jogar um futebol agradável. Sobre os técnicos levarem cartão, tenho por hábito não perder o foco do que posso intervir. Então não é sobre a arbitragem, e sim em cima da minha equipe. Sobre os cartões, acho justo e interessante.

Botafogo de Futebol e Regatas