notícia

Atletas gloriosos

Jovens do polo aquático são vice-campeões pela seleção
Atualizado em 22-07-2014, 11h30

Três atletas da equipe de polo aquático do Botafogo foram vice-campeões no Pan-Americanos Juvenis Masculino e Feminino de Polo Aquático, que foram disputados em Riverside, na Califórnia, Estados Unidos. No masculino, após uma decisão acirrada, os EUA venceu por 10-9, depois de os brasileiros chegarem a metade do jogo na frente do placar. Já a seleção brasileira feminina conquistou a medalha de prata do após perder para o anfitrião Estados Unidos por 11-6. É a primeira vez que as meninas chegam em uma final.

Um dos jovens é o centro Luis Roberto, de 16 anos. Há três anos o jogador faz parte do Botafogo e joga há dois na seleção brasileira. O técnico da seleção masculina sub 19 e da equipe do Botafogo é Ângelo Coelho, que apesar da derrota na final, está feliz com o resultado e já pensa no Mundial Juvenil Sub-18, que será realizado em Istambul, na Turquia, no início do mês de agosto.

"O nosso objetivo era ser campeão. Mas infelizmente perdemos para os donos da casa, que têm uma boa seleção. Agora é pensar no Mundial, e nossa perspectiva é ficar entre os oito melhores. O Luis Ricardo também estará com a gente."  

As outras duas atletas são a atacante Adhara, de 19 anos, e a goleira Raquel, de 16. A primeira joga no Botafogo há nove anos, e está na seleção há cinco. Já Raquel, compete pelo clube há quatro e representa a seleção há três anos. O próximo compromisso da equipe feminina do Brasil será o Mundial Sub-18, em Madri, Espanha, que acontecerá no final do mês de agosto. Raquel estará representando o Brasil e o Botafogo, e espera chegar entre os oito primeiros.

poloaquatico2

Natalia Nunes