notícia

Pés no chão

Jefferson reconhece momento difícil e quer ajudar o time a se reerguer no Brasileirão
Atualizado em 18-07-2014, 18:36

O capitão e goleiro Jefferson está de volta ao Botafogo. Após a disputa da copa do Mundo, o camisa 1 alvinegro já voltou aos trabalhos e está à disposição do treinador Vagner Mancini para a sequência do Campeonato Brasileiro. Ciente da situação incômoda do Glorioso na tabela, Jefferson espera ajudar o Botafogo a se reerguer, principalmente pela torcida alvinegra.

"Hoje temos que colocar os pés do chão e não fugir da nossa realidade. Estamos perto da zona do rebaixamento e o campeonato não começou agora. Temos que assumir e fazer os pontos necessários para sair de perto das últimas posições. Esse ano está sendo difícil e temos que nos unir. Temos uma nação de botafoguenses torcendo por nós e pedem para o time reagir. Temos que pensar em pontuar e tirar o time dessa situação", disse Jefferson.

Apesar da experiência e os mais de 300 jogos pelo Botafogo, Jefferson não esconde a ansiedade em voltar a disputar um jogo com a gloriosa camisa 1 alvinegra. Em campo pela última vez na partida diante do Goiás, na 5ª rodada, o capitão garante foco total para mudar o rumo alvinegro no Campeonato Brasileiro.

"Estou ansioso e muito feliz de poder voltar a vestir a camisa do Botafogo. Mesmo na seleção eu mantive o contato com os jogadores. Recebi também o carinho de torcedores que levavam camisas do Botafogo para autografar. Mas agora o pensamento está no Botafogo, que precisa sair dessa situação de desconforto na tabela", comentou o camisa 1 de General Severiano.

Um dos goleiros de Felipão na Copa do Mundo, Jefferson comentou sobre o desempenho da seleção brasileira no Mundial e ressaltou seu crescimento como profissional após a experiência.

"Na hora que a gente perde, encontramos muitos questionamentos. Na parte externa deixamos as pessoas falarem pelo que viram da seleção. Eu cresci muito como profissional. Jogamos com alegria, sentimento e emoção, coisa que é difícil encontrar em um clube atualmente. Para o Futebol brasileiro, não conseguimos repetir o que fizemos na Copa das Confederações. Tinham muitos jogadores novos e temos que saber que demos o máximo. Que esse aprendizado sirva para as próximas competições", avaliou Jefferson.

Dono da braçadeira de capitão, Jefferson não foge da responsabilidade de assumir uma postura de liderança no elenco, principalmente nos bastidores. Concentrado no bem do clube, o camisa 1 falou que não medirá esforços para ajudar seus companheiros a encontrar o rumo certo no Brasileirão.

"Sempre falei no Botafogo que minha liderança não é externa e sim interna. o que eu puder fazer para ajudar, vou fazer. A gente sabe que muita das vezes estamos subindo a ladeira, fazendo muita coisa para vencer os jogos. Tem maneiras de você incentivar um companheiro e farei de tudo para tirar o Botafogo dessa situação", finalizou Jefferson.

O Botafogo poderá dar o primeiro passo da recuperação neste sábado, às 21h, diante do Coritiba, em Volta Redonda. A partida será válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro ocupa a 14ª colocação com nove pontos somados.

Confira a galeria de fotos desta sexta-feira na galeria de fotos de Vítor Silva/ SSPress!



Marcos Silva