notícia

Assumir a responsabilidade e evoluir

Erik assume erros do grupo no Estadual e tira aprendizado para as demais competições
Atualizado em 26-03-2019, 19:54

A caminhada do Botafogo no Campeonato Carioca não foi com o esperado. Atual campeão, o Glorioso não se classificou às fases finais e agora volta o foco para as demais competições da temporada como o Campeonato Brasileiro, Copa Conmebol Sul-Americana e Copa do Brasil, essa de maior importância no momento, já que o Glorioso voltará a campo pela competição no dia 4 de abril diante do Juventude. Em entrevista coletiva, o atacante Erik falou sobre a campanha alvinegra no Estadual e os aprendizados para a temporada.

- Olha, é uma pergunta que todos nós nos fazemos também. Tentamos, buscamos fazer o nosso melhor e tivemos uma sequência complicada em competições mata-mata. Mas isso não é desculpa. Agora temos que focar na Copa do Brasil, que é uma competição importante e teremos um tempo importante para nos entrosarmos por um bom desempenho em campo. A cobrança foi gigantesca e o que fica de lição é que demoramos a encaixar, demoramos a encontrar o nosso jogo e temos que reconhecer. Não somos mais meninos, somos profissionais e que isso fique de aprendizado para que a gente não erre mais - disse Erik.

Sem jogos pelo Estadual, o Botafogo terá dez dias de preparação até o jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, diante do Juventude, dia 4 de abril, no Estádio Nilton Santos. Erik valorizou o período com o foco voltado para a correção de erros que não podem mais acontencer e consequente evolução da equipe com maior entrosamento.

- Temos um tempo importantíssimo na minha visão, até pela oportunidade no dia a dia de sempre melhorar. Serão muito importantes esses dias de trabalho, assim como a presença do nosso torcedor nesse jogo. Tem sido assim desde o primeiro dia que vesti essa camisa. Nesse momento o nosso foco principal está no dia a dia de trabalho. O importante agora é a nossa preparação por um grande jogo na Copa do Brasil - falou o atacante.

Com tempo para trabalhar, aprender e evoluir, Erik também lembrou a união da equipe, ponto que considerou como muito importante para dar a volta por cima. De positivo, em jogos de mata-mata, o Glorioso marcou nove gols e sofreu apenas um.

- Quando ganhamos do Defensa tivemos uma conversa, assim como também fizemos na derrota. Somos um grupo unido e vamos estar sempre assim para consertarmos o nosso erro e buscarmos o nosso acertos - encerrou.

Assessoria de Imprensa