notícia

Jogo certeiro

Zé Ricardo exige concentração máxima para superar o Cuiabá pela Copa do Brasil
Atualizado em 26-02-2019, 18:14

O Botafogo finaliza nesta terça-feira a preparação para o jogo decisivo diante do Cuiabá, nesta quarta-feira, às 21h30, no Estádio Nilton Santos, válido pela Copa do Brasil. O confronto em jogo único exije a vitória do Glorioso para avançar na competição nacional. O empate leva a classificação para os pênaltis. O treinador Zé Ricardo projetou o encontro e pede novamente um Botafogo concentrado, o que tem feito a diferença nos confrontos de Copa.

- O Cuiabá é uma equipe que, apesar de jovem, vem fazendo boas temporadas. No ano passado conquistou a vaga para a Série B em final contra o Operário, por pouco não foi campeão. Tem seu treinador, que é o Itamar Schulle e repeito bastante. Tem uma forma de jogar bem interessante, fortalecida com duas linhas de quatro marcando. A performance deles no campeonato Mato-Grossense mostra que será uma equipe difícil de ser batida. Toda atenção e foco total para a nossa partida de amanhã - disse o treinador.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva do treinador Zé Ricardo:

ESPÍRITO VENCEDOR

- A gente está tentando passar uma ideia para eles que, independentemente da competição, esse tem que ser o nosso espírito nos jogos. O Botafogo se notabilizou nos últimos anos por ser uma equipe muito comprometida, participativa e não digo isso por estar aqui agora. No início não aconteceu como esperávamos, com algumas mudanças, chegadas e alguns atletas ainda abaixo, mas quando chegaram os momentos decisivos para nós conseguimos unir todos esses aspectos. Logicamente que com o tempo de trabalho as coisas começam a acontecer. Tenho certeza que será um jogo complicado e vamos precisar de muita concentração e disciplina para o que vamos fazer. Eles contam com jogadores rápidos que podem buscar o gol, o que dificultaria bastante nosso avanço para a próxima fase.

CÍCERO RELACIONADO

- Ele está relacionado, vem demonstrando uma boa evolução fisica e acredito que possa nos ajudar caso necessite. Vai dependerdo decorrer da partida. Relacionado ele está.  

RETORNOS E NOVAS POSSIBILIDADES

- De uma forma bem geral a gente segurou alguns atletas por precaução e devem retornar para o jogo de amanhã. Algumas coisas, principalmente no segundo tempo do jogo contra o Vasco, nos indicaram algumas alternativas.

RESPEITO AO SÃO PAULO E ELOGIOS A DIEGO SOUZA

- É tudo muito prematuro. Como o Botafogo precisa de mais um jogador para a posição, tudo que se fala de possíveis reforços toma outra proporção. O Diego dispensa comentários. Sinceramente eu não tenho nenhuma posição oficial para dar, apenas o que se vê na internet. O Diego Souza hoje é um atleta do São Paulo e respeito isso, mas toda equipe que busca se reforçar está atenta ao mercado. O Diego certamente seria o nosso maior reforço.

INÍCIO DO TRABALHO

- No início da temporada europeia no ano passado o Atlético de Madri quase perdeu o Grisman e seu treinador ficou desesperado por perder um jogador. O Botafogo passou por uma reformulação, alguns por contrato, outros por vendas ou questões físicas. Não conseguimos manter o nível de atuação no começo do ano, o que me deixou muito decepcionado, mas entendia que estávamos trabalhando com um grupo sereno e que sabe o que quer. Estamos construindo um novo ambiente e as coisas não aconteceram no começo, não é uma ciência exata. É um esporte que você precisa de associação e combinação, o problema é que

existe a oposição dos adversários também. Conseguimos dar umas respostas, mas ainda está longe do que queremos. O foco todo agora está na Copa do Brasil, sempre buscando evoluir. Amanhã teremos um jogo delicado e de apenas uma perna, sem jogo de volta. Vamos precisar nos impor e impedir que nos forneçam perigo. Essas vitórias nos dão mais confiança para executar o que precisamos.

NADA NO DESESPERO

- Temos o Fernando emprestado ao Lille até o meio do ano. Não estamos buscando de qualquer maneira, estamos sendo criteriosos. Temos o Benevenuto que pode fazer por alí, o Wenderson, o Rickson. Buscamos para que possamos reforçar o nosso elenco. Agora não posso nem falar de contratação de Diego Souza. O que existe são os boatos e a nossa admiração por seu futebol. Hoje ele é do São Paulo e respeitamos isso.

CONFIANÇA EM KIEZA

- O Kieza retorna para essa partida. Já utilizamos o Erik por alí, também junto com o Kieza. De fato ele volta e daqui a pouco volta a fazer os gols. Centroavante é assim, já aconteceu coisa parecida com jogadores consagrados. A ausência dele contra o Vasco foi uma preocupação, principalmente pela bola defensiva no primeiro pau.

Assessoria de imprensa