notícia

Alvinegro Gato

Gatito fala em relação especial com o clube e desejo de fazer história
Atualizado em 15-01-2019, 13:42

Ídolo, o goleiro paraguaio Gatito Fernández concedeu entrevista coletiva no Estádio Nilton Santos e falou sobre especulações, continuidade no Alvinegro, desejo em fazer história e de conquistar  mais títulos com a camisa alvinegra. De fato a relação entre Gatito e Botafogo é especial e o jogador vê o Glorioso como sua casa. Que seja uma temporada boa para o paredão e para o Glorioso. 

- Já conheço o clube e estou cada vez mais adaptado ao Botafogo, o que me dá uma tranquilidade. Estou feliz aqui dentro do clube. A pré-temporada tem sido muito boa para nós, já misturando com a parte tática e com treinos intensos. Estou gostando bastante. Tive sondagens de vários clubes, mas sempre tive a cabeça aqui. Se fosse algo bom para o clube e para mim a coisa seria diferente, mas sigo com o pensamento aqui - disse Gatito. 

O paredão do Fogão também falou sobre suas expectativas no Glorioso e seu desejo de ficar marcado na história do clube com conquistas, o que o goleiro classificou como 'uma forma bonita de ser lembrado'. Gatito citou Jefferson e seu legado para traçar metas com a estrela solitária no peito. 

- Acho que não sei se a idolatria vai ser do tamanho do Jefferson, mas gostaria de fazer uma linda história aqui dentro do Botafogo como ele fez. Coisas boas devem ser copiadas e estou feliz aqui. Tive sondagens, mas se não forem coisas boas para o Botafogo fica difícil para sair daqui. O que eu gostaria de ter é a regularidade que o Jefferson teve. Quero conquistar títulos, assim seria uma forma bonita de ficar marcado na história do clube - contou. 

Confira os demais trechos da entrevista coletiva do goleiro Gatito Fernández:

A CHEGADA DE DIEGO CAVALIERI

- Isso é muito bom para mim e para o clube. Hoje em dia temos um grande goleiro aqui, que jogou fora do Brasil e conquistou títulos. Veio para somar e vejo que é um grande companheiro. Isso nos fortalece e ajuda a melhorar o nosso dia a dia. 

A AVALIAÇÃO DA TEMPORADA 2018

- Ano passado foi um ano que começou bem, iniciamos com o título do Carioca e acabei sofrendo aquela lesão que me deixou fora do Brasileiro. Depois pude voltar e encerrar bem. Fiquei feliz por ter conquistado meu primeiro título no clube. Acredito que foi um ano muito bom para mim. 

POR UM 2019 SEM LESÕES

- Nenhum jogador gosta de passar por essa situação e tomara que esse ano seja bem tranquilo nesse aspecto para mim, que possa ter uma sequência durante todo o ano. 

PENSAMENTO VOLTADO PARA OS TÍTULOS

- Dá sim. Não podemos pensar diferente defendendo um clube como o Botafogo. Ano passado muitos não acreditaram e fomos campeões. Nesse ano vão prestar mais atenção em nós. 

A POSSÍVEL PERMANÊNCIA DE ZÉ RICARDO NO BOTAFOGO

- Seria muito bom para a gente. Ele já conhece o grupo, é um grande treinador e seria muito bom que ele ficasse por mais tempo com a gente. Facilita a vida dos jogadores, passa mais confiança para nós. Já sabe o que pode nos pedir e até aonde podemos ir.

CUIDADO COM OS ATLETAS MAIS NOVOS

- A maneira de ajudá-los é no dia a dia, explicando que devem jogar da maneira que gostam, tomarem as próprias decisões. Se já estão no grupo profissional é por terem muita personalidade. 

PELO BICAMPEONATO ESTADUAL

- Os times grandes sempre entram com essa pressão, o que é bom. E começar o ano com o título é muito bom. Gostaria de ser bicampeão e vou brigar por isso. 

ELENCO PARA 2019

- Nós perdemos atletas. O Erik, um cara que fazia uma grande diferença na frente, mas os companheiros que chegaram tiveram destaque em seus clubes. Contratações pontuais e que chegam para nos ajudar. Precisam de um tempo de adaptação para que possamos ter um time equilibrado. Temos que ajudá-los para que a gente consiga fazer um bom ano. 

Assessoria de Imprensa