notícia

Qualidade e experiência

Diego Cavalieri é apresentado e quer agregar valor ao Botafogo
Atualizado em 04-01-2019, 18:55

O dia foi de reapresentação dos jogadores no Estádio Nilton Santos para o início da pré-temporada e também da apresentação oficial do goleiro Diego Cavalieri. Primeira contratação anunciada pelo Botafogo na temporada, o experiente goleiro falou suas primeiras palavras vestido com a camisa de forte tradição em arqueiros. Diego Cavalieri foi teve ao seu lado o Presidente Nelson Mufarrej e o VP de Futebol Gustavo Noronha. 

- Cheguei hoje e fui bem recebido. Ambiente muito bom, todos me deixaram à vontade. Com o Gatito eu tive a oportunidade de conversar. É sempre bom trocar ideia com pessoas que você admira. Pelo primeiro contato, estou muito satisfeito. Deu para ver que é um ambiente bom. Espero um ano de muito trabalho, temos que procurar ter um pensamento positivo, cuidar do nosso dia a dia, do nosso vestiário. Depois as coisas fluem dentro de campo. No ano passado deu para ver a força desse grupo. Temos que nos dedicar o máximo todos os dias - disse Cavalieri. 

Diego Cavalieri valorizou a nova oportunidade na carreira e falou da felicidade por defender o Botafogo. Cavalieri foi sincero quando o assunto foi a disputa com Gatito Fernández e demonstrou respeito ao companheiro de clube.


- É uma oportunidade nova para mim. Fiquei muito feliz quando surgiu o convite. Todos estão no elenco para disputar posição. O importante é ter lealdade e um bom ambiente. Nunca tive problema em relação a não jogar. Claro que todos querem, mas o importante é poder ajudar. Gatito tem enorme qualidade. Quero ajudar o Botafogo a crescer e evoluir - destacou o arqueiro. 

Antes de vir ao Botafogo o goleiro Diego Cavalieri passou por momentos difíceis, mas demonstrou ter força suficiente para dar a volta por cima. 

- Foi um período complicado, de muito aprendizado e reflexão pelo que o aconteceu, da forma que aconteceu. A chance na Inglaterra surgiu por uma emergência. Houve uma lesão e precisavam de alguém sem contrato. Mas foram apenas quatro meses. Depois da Copa não apareceu nada e fiquei esse tempo todo parado. Foi difícil, algo novo para mim, mas nunca desanimei - contou. 

Motivado, Cavalieri procurou manter a forma física enquanto esteve sem clube. O goleiro não escondeu que poderá ter dificuldades no início, mas garante muito trabalho para estar apto o quanto antes. 

- Vai ser um pouco mais difícil, mas pego rápido dentro de campo com muito empenho. Estou preparado - encerrou. 

Diego Cavalieri - Apresentação Oficial

Assessoria de Imprensa