notícia

Foco no trabalho

Com novo comando no Sub-20 e valorização de profissionais, base alvinegra trabalha forte de olho em 2019
Atualizado em 27-12-2018, 16:30

O ano de 2018 ainda está chegando ao fim, mas a temporada de 2019 para a base forte do Fogão, em especial para garotada Sub-20 do Glorioso, já está a todo vapor. Sob o comando do novo treinador Marcos Soares, a equipe alvinegra segue um plano de treinamentos fortes em General Severiano visando a Copa São de Futebol Júnior de 2019, que inicia para o Alvinegro já no dia 03 de janeiro.

Convidado pelo gerente geral das categorias de base alvinegra Tiano Gomes enquanto estava na Granja Comary realizando o curso de licença PRO da CBF, o novo comandante alvinegro Marcos festejou o fato de trabalhar no clube da Estrela Solitária e avaliou como positiva a sua primeira semana de trabalho à frente da equipe alvinegra.

- Estou muito contente de estar trabalhando no Botafogo, sei bem o que é vestir essa camisa e representar esse clube de tantas glórias. Esse início está sendo muito bom, com muito trabalho e foco para chegarmos bem preparados na Copinha. Os jogadores e a comissão técnica me receberam muito bem, estou completando praticamente uma semana de trabalho e o relacionamento vai se moldando aos poucos, eles vão entendendo a minha filosofia de trabalho e como sou como pessoa e, o principal é isso, tudo funcionar e o Botafogo ganhar. Todos que estão aqui precisam almejar títulos sempre. - contou o treinador.

WhatsApp Image 2018-12-26 at 18.20.23

Enxergando em Marcos Soares um potencial profissional de qualidade com um perfil compatível com o trabalho realizado no clube, o Botafogo, que possui uma filosofia bem sucedida de valorizar os profissionais formados em casa, optou em buscar o treinador no mercado. É o que detalha o gerente geral da base alvinegra, Tiano Gomes.

- Resolvemos trazer o Marcos Soares porque é um profissional que reúne experiencia em equipes profissionais (Brasilia e Brasiliense) e em equipes tradicionais de base (Sub-20 do Santos e Sub-17/auxiliar do Sub-20 do Corinthians) e está fazendo o curso de licença PRO da CBF, a maior qualificação para um treinador no Brasil. Então, é um treinador capacitado, que conhece de base e vai agregar muito ao nosso Sub-20. Foi uma contratação pontual, não é uma coisa normal no Botafogo. Nós temos uma filosofia consolidada de oportunizar os profissionais que são da casa. Além de formar jogadores, nós temos orgulho de também formar profissionais. - pontuou o gerente.

Comprovando o êxito do método de trabalho alvinegro, Tiano revelou como ficará o novo organograma de treinadores de todas as categorias alvinegras a partir de 2019. Todos os técnicos subiram a famosa "escadinha" e ganharam num ovo desafio para o próximo ano. 

- Com o Marcos Soares no Sub-20, a gente efetivou o Thiago Aprigio na categoria Sub-17, o Vinicius Nogueira no Sub-15, o Vinicius Durante no Sub-14, Jonas Dell"omo no Sub-13 e o Daniel Muzzi no Sub-12. Então, fizemos essa hierarquização porque sentimos que é o momento deles e sabemos da formação que eles vêm passando conosco. Por isso, temos a confiança de que com essa cultura de valorização o Botafogo possa crescer e ganhar ainda mais espaço no mercado. Esses profissionais sendo capacitados são essenciais no nosso objetivo principal, que é fornecer jogadores para a equipe profissional. - explicou Tiano.

WhatsApp Image 2018-12-27 at 16.13.09

E é assim, com muito trabalho e dedicação de todos, que a #BaseForte do Fogão pretende seguir em 2019 produzindo, formando e revelando talentos fora das quatro linhas para qualificar ainda mais os resultados dos jovens dentro de campo. 

- Vimos nesse ano de 2018, um elenco principal com cerca de 12 ou 13 jogadores oriundos da base do Botafogo. Agora, final do ano efetivamos mais cinco que participarão da pré-temporada de 2019. Isso é o que a gente vem buscando cada vez mais, aprimorar o nosso jogador coletivamente, que é uma cultura nossa de ter um jogo com posse de bola, mas também buscando mais o desenvolvimento individual dos atletas. Parte técnica, tática e emocional, psicológico. Que é fundamental para entregarmos o atleta o mais preparado possível ao profissional. - finalizou.

Fabio de Paula