notícia

Botafogo 84 x 74 São José

Regular ofensivamente, Fogão tem segundo período irretocável na defesa e volta a triunfar
Atualizado em 28-11-2018, 00:20

O Botafogo reencontrou o sorriso no NBB na noite desta terça-feira, em General Severiano. De virada, o time do técnico Léo Figueiró venceu o São José por 84 a 74 e se manteve na 7ª posição da tabela. Sem poder contar com Murilo e Guga, lesionados, os alvinegros mostraram mais uma vez a força coletiva e tiveram cinco jogadores com dígito duplo em pontuação: Ralfi (21), Jamaal (16), Arthur (15), Cauê (14), Maique (11).

A primeira etapa da partida foi bem movimentada, onde os paulistas foram mais precisos e conseguiram vencer por 24 a 20. Mantendo o padrão ofensivo e praticando uma defesa irretocável, o Fogão tomou apenas seis pontos no segundo período, dominou toas as ações e foi para o vestiário com o placar favorável em 40 a 30. Maique, com três cravadas e oito pontos, e Jamaal, 100% nos arremessos de quadra totalizando mais oito, foram os destaques. 

Mais acirrado, o terceiro período seguiu a tônica do primeiro e teve superiodade das linhas ofensivas em quadra. O Botafogo contou com grande atuação de Ralfi, que também acertou todas as finalizações e anotou oito pontos, mas viu sua diferença cair pela metade: 65 a 60. Seguro na defesa e contando com mais um desempenho decisivo de Ansaloni, o Glorioso administrou a etapa final, soube aproveitar as oportunidades e fechou o placar em 84 a 74.

CONFIRA A GALERIA DE VÍTOR SILVA/ SS PRESS/ BFR

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Após o triunfo, Léo Figueiró destacou a retomada e o poder de percepção do grupo. 

-  Saio com a sensação de estar de volta aos trilhos. Foi um jogo interessante, onde jogamos sem armadores de ofício, adaptamos o Cauê, o time entendeu a proposta de passar a bola e foi consistente. Nossa defesa oscilou um pouco, mas nos credenciou à vitória. Fizemos um segundo período bem seguro, não proporcionamos tantas corridas e evitamos as cestas fáceis deles. Agora temos o Vasco pela frente, um clássico, vai ser disputadíssimo e vamos ter que jogar muito para vencêr.

O Botafogo entra em quadra no Ginásio de São Januário no sábado, às 14h.

 

Walner Junior