notícia

Fruto do trabalho

Zé Ricardo avalia resultado como sensacional e elogia preparação do Botafogo
Atualizado em 16-11-2018, 12h00

Ganhar da Chapecoense em Chapecó nunca é fácil. Vencer três partidas no Campeonato Brasileiro também não. O Botafogo não deu bola para essas máximas e derrotou o adversário por 1 a 0, nesta quinta-feira, na Arena Condá. O técnico Zé Ricardo gostou do que viu.

Em entrevista coletiva, o treinador valorizou a preparação e a dedicação de seus comandados. Confira os principais trechos:

PREPARAÇÃO

- Sinceramente, a gente trabalhou muito para este jogo. Sabia o quanto era difícil jogar aqui. A Chapecoense vinha de bela e merecida vitória sobre o Santos. Isso trouxe mais torcida ao jogo. Então, a gente se preparou e respeitou demais a equipe deles.

RESULTADO

- Conseguimos um resultado sensacional. Não vi os outros resultados, mas certamente, na próxima semana, temos a chance de eliminar de vez o risco de rebaixamento. Vamos tentar nos preparar da melhor forma possível para enfrentar o Internacional para manter o Botafogo na Série A.

LONGE DO Z-4

- Ainda não matematicamente. Existe a possibilidade, tem muitos times com 38 pontos. Com duas vitórias, elas passam o Botafogo nos critérios com 44 pontos. Precisamos estar bem atentos, tomara que a gente possa chegar aos 46, que elimina o risco. Temos essa possibilidade, domingo, contra o Internacional dentro de casa. Será difícil, afinal, eles lutam pelo título. Mas a torcida pode fazer o que fez contra Flamengo e Corinthians. Assim, lotando o estádio nos empurra para a vitória.

BOA FASE

- Por vezes, detalhes determinam uma sequência. A gente conseguiu em um momento que precisávamos. O que me deixa mais feliz é que desempenhamos um futebol mais agradável. Assim, fica mais perto de vencer as partidas. Os jogadores estão de parabéns, a torcida nos empurrou e tem a sua participação também. A direção fez esforço e regularizou salários e premiações. Conseguiu também fretar um voo aqui para Chapecó, local que é difícil de chegar. Não queríamos correr riscos. Todo esse esforço, acredito, ajuda na sequência de vitórias.

VESTIÁRIO

- Foi feliz, né? Não acho que a gente tenha feito uma partida maravilhosa. O momento precisava. A Chapecoense joga muito pelo alto. A gente tinha de ter atenção, não sofrer gols, o que era importante. Na oportunidade que tivemos, marcamos gol.

SISTEMA DEFENSIVO

- Tivemos atenção especial nas bolas cruzadas, trabalhamos isso. Tem de dar crédito ao Cleber dos Santos e Bruno Lazaroni, meus dois auxiliares. Enquanto eu cuidava da parte ofensiva, eles cuidaram da parte defensiva. Nos dividimos. Tanto o Canteros quanto o Diego Torres são bons cobradores, então, fomos bem. Deu tudo certo.

DUDU CEARENSE

- A gente estava em dúvida se jogaria com Bochecha ou com o Dudu. Se a gente estivesse em condição mais confortável, poderia fazer outro tipo de jogo, um jogo mmais elaborado. A importância da partida incomodou no início, faltou confiança para colocar a bola no chão. Os espaços apareceram no segundo tempo... Então, a entrada do Dudu ajudou nisso até quando ele suportou.

- A gente vinha conversando com ele. Assim que eu cheguei, ele treinava bem, mas teve lesão mjuscular. Perdeu as relações e voltou coisa de quatro jogos. Com a suspensão do Lindoso e a lesão de Jean, ele mostrou que estava preparado. Ele se cuida, está sempre muito próximo dos companheiros. Teve boa atuação.

MOISÉS

- É um grande jogador, tem força física. É vaca premiada, como a gente diz. Joga partidas seguidas e não sente. Lógico, tem muito a evoluir. As oscilações acontecem. Quando mentramos com o Gilson, era um momento ruim. Sorte do Botafogo que pode contar com dois jogadores de bom nível.

META

- A conta é sempre pensar no próximo jogo. Não acredito que nos livramos. Temos de tentar pelo menos mais dois pontos. Com 46, matematicamente, é difícil cair. Vamos buscar isso na próxima partida. Com a terceira vitória seguida, recuperamos a confiança. Isso tinha ficado para trás após a saída da Sul-Americana. Agora é pensar, descansar e fazer um grande jogo.

Botafogo de Futebol e Regatas