notícia

Esse é o espírito

Zé Ricardo elogia time por jogar no limite, valoriza Gatito e torcida
Atualizado em 04-11-2018, 22h00

Um time guerreiro, determinado, que se empenha até o último lance. Este foi o Botafogo na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, neste domingo, no Estádio Nilton Santos. A equipe foi muito elogiada pelo técnico Zé Ricardo, que valorizou também o grande retorno de Gatito Fernández e o apoio de cerca de 20 mil botafoguenses.

Confira os principais trechos da entrevista do treinador:

DETERMINAÇÃO

- Tenho dois anos e meio na categoria profissional, e eu só lembro do Botafogo jogando no seu limite. Sempre foi um adversário difícil de se enfrentar. Esse é o espírito do Botafogo, essa é a energia.

- Em quase três anos de profissional, sempre vi o Botafogo assim. Sempre jogou no limite. É inadmissível não jogar dessa forma, até porque quando não conseguirmos ser perfeitos taticamente e tecnicamente, isso (entrega) que temos de botar na frente.

TORCIDA

- Precisamos da nossa torcida ao nosso lado. A gente sai cansado, e o suor vai secar. Mas a satisfação pelos três pontos fica. E espero que a gente possa manter essa pegada para fazer uma grande partida contra o Flamengo.

REAÇÃO

- Foi a semana toda. A gente vem batendo na tecla de partidas que saímos na frente e não seguramos vários resultados. Foi assim com Atlético-PR, Cruzeiro, Vasco e São Paulo. Se segurasse algum desses resultados, talvez estaríamos numa situação melhor.

BRASILEIRÃO

- Nossa situação é muito complicada, mas acho que tem de ser o ponto inicial para gente encarar todos os adversários, a começar pelo Flamengo na próxima rodada.

CONJUNTO

- Importante são os aspectos coletivos. Todo mundo brigou. Foi protagonista com e sem a bola. A gente não precisava de um herói. É uma situação difícil, e só vamos revertê-la com muita luta.

CLÁSSICO COM O FLAMENGO

- Precisamos de muita concentração nos treinos, solidariedade e organização nas partidas. Uma semana bem difícil por tudo que passamos, mas esperamos que essa vitória dê um suspiro para fazermos uma grande semana e para poder fazer grande jogo contra o Flamengo.

BOLA PARADA

- Temos bons jogadores de bola parada boa, temos dois zagueiros altos, e jogadores de bom tempo de bola, como Jean e Lindoso. Léo (Valencia) é muito bom nesse sentido. Teve lesão, tentou voltar e teve outra.

IMPORTÂNCIA DE GATITO

- Impossível fazer essa mensuração. Reiteradamente já falei, tenho confiança que Saulo e Diego serão grandes goleiros. Principalmente pela confiança e emocional da equipe. Defesa sensacional no final da partida.

Botafogo de Futebol e Regatas