notícia

Botafogo 62 x 64 Joinville

Jamaal é cestinha, mas alvinegros são superados na estreia do NBB em jogo de reviravoltas
Atualizado em 15-10-2018, 23:00

Em jogo de estreia no NBB na noite desta segunda-feira, o Botafogo foi superado por 64 a 62 pelo Joinville, em General Severiano. Jamaal Smith anotou 14 pontos e foi o cestinha do encontro.

Os catarinenses tiveram um início melhor e abriram 9 a 3. Aos poucos, o ritmo alvinegro começou a encaixar, os arremessos de média distância caíram e Arthur deu a primeira liderança ao time: 14 a 13. Em lance no garrafão, Coelho sofreu uma pancada no braço e foi substituído por Guga. O armador comandou os últimos ataques do primeiro período, que terminou 21 a 19 para os visitantes. Sentindo a ausência do seu capitão, o Glorioso sofreu uma corrida de oito pontos e Léo Figueiró parou o jogo. Após o tempo pedido, os atletas voltaram mais ligados, apresentaram um forte coletivo e dominaram a quadra para fazer 34 a 31 ao fim do segundo quarto.  

Com mais volume ofensivo, as trocas de liderança foram constantes. No lado do Botafogo, Arthur foi quem mais apareceu e anotou sete pontos. Porém, o ímpeto caiu na metade da etapa, o Joinville aproveitou e fez 50 a 47. A intensidade na briga pelos espaços aumentou e o caminho da cesta não foi encontrado nos primeiros quatro minutos do último período. Maique foi quem mexeu no placar, mas Vezaro respondeu e comandou sua equipe para abrir sete pontos a 3:00 do fim. Forçando as faltas e aumentando a precisão nos chutes de longa distância com Jamaal e Mogi, o Botafogo encostou, se aproximou do empate, mas foi superado por 64 a 62. 

CONFIRA AS IMAGENS DE VÍTOR SILVA/ SS PRESS/ BFR

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Técnico da equipe, Léo Figueiró pontuou as falhas e pediu foco na recuperação para a sequência do campeonato.

- Jogamos muito abaixo do esperado tecnicamente. Sofremos nos rebotes, não controlamos a ansiedade da estreia e nos preciptamos em algumas bolas. A perda do Coelho também foi significativa nos dois lados da quadra. Pecamos em vários aspectos e temos que corrigir para avançar nas próximas partidas. O NBB é dinâmico, exige uma recuperação rápida e é isso que vamos buscar a partir de amanhã.

O Botafogo enfrenta o Franca no próximo sábado, às 14h, em São Paulo.

 

Walner Junior