notícia

Taça na mira

Zé Ricardo destaca gana alvinegra pela Copa e prepara equipe para superar o Bahia
Atualizado em 02-10-2018, 20:16

O jogo é de mata-mata e a vaga nas quartas de final da Copa Sudamericana será definida no Estádio Nilton Santos. O Glorioso marcou na primeira partida com Rodrigo Pimpão e está mais vivo do que nunca. A torcida alvinegra irá chegar junto com o Fogão e já garantiu a pressão com mais de 25 mil ingressos vendidos. Em entrevista coletiva, o treinador Zé Ricardo reforçou o desejo do grupo pela conquista como em 93 e não espera missão simples contra o Bahia.

- Vejo de forma muito positiva. Remete à grande conquista do Botafogo. O clube não era tido como favorito, mas fez por merecer o título. Talvez hoje não sejamos os favoritos, mas estamos na briga como todos os outros. Temos o direito de sonhar e numa competição de mata-mata tudo pode acontecer. Primeiro temos que passar do Bahia. O desejo nós temos e queremos e vamos lutar para virar realidade - disse o treinador.

CONFIRA OS DEMAIS TRECHOS DA ENTREVISTA COLETIVA DE ZÉ RICARDO:

DEDICAÇÃO TOTAL

- Nosso grupo sabe da necessidade de se doar o tempo todo e demonstrar isso ao nosso torcedor. A indentidade do Botafogo está diretamente alinhada ao comprometimento, a entrega e ao correr até o final. Esse modelo de jogo não só se reflete na maneira que a equipe se posiciona em campo. Tomara que a gente consiga agregar tudo isso para que possamos avançar para essas quartas de final.

PIMPÃO DECISIVO EM COMPETIÇÕES SUL-AMERICANAS

- Sem dúvida são lembranças que num momento como esse que precisamos de uma vitória pode gerar uma vontade maior. É um cara competitivo e que conta com nossa confiança. Ele que vai entrar no lugar do Erik e esperamos uma grande partida.

JEAN FORA DA PARTIDA

- O Jean está fora, teve uma lesão e ficará um tempo fora. Temos algumas possibilidades, mas sem dúvida quem vem mais adaptado ao modo que estamos jogando é o Matheus.

SEM MARGEM PARA ERROS

- Nas últimas partidas criamos oportunidades, isso é bom, e teremos que ser inteligentes. Se o Bahia fizer um gol teremos a nossa missão duplicada.

CRESCIMENTO E INTELIGÊNCIA PARA SEGUIR EVOLUINDO

- Não sei se é apenas uma questão de encontrar uma formação ideal. Perdemos alguns jogadores importantes e alguns estão retornando aos poucos. A temporada é difícil para todo mundo. Encontramos algum equilíbrio e temos demonstrado uma competitividade que tem me agrado. Daqui pra frente o sarrafo está mais alto tanto no Brasileiro quanto na Sul-Americana. Agora é ter inteligência no trabalho, nas cargas dos treinos. Quando entrarmos em campo será com força máxima.

O ADVERSÁRIO

- O Bahia é uma equipe forte e poderia estar até bem colocada no Brasileiro. É a equipe do futebol brasileiro que mais atuou na temporada e que enfrenta esse desgaste. Contam com boas peças de reposição e mesmo com essas ausências continuam competitivos. Vamos tentar sermos cirúrgicos e ofertar poucos espaços para eles. Temos nossas armas e vamos buscar potencializá-las por essa classificação.

CHANCE REAL DE TÍTULO E REGULARIDADE NO BRASILEIRÃO

- Nosso desejo é que a gente mantenha alguma regularidade. Nossa situação no Brasileiro é delicada e a Sul-Americana é uma chance real de conquista. Teremos tempo para recuperar a equipe já que jogaremos só na próxima terça-feira.

CONFIANÇA TOTAL NOS JOVENS GOLEIROS

- Acredito que o Saulo encara como a oportunidade da vida deles. O Gatito não joga amanhã, ainda não se recuperou 100% e é difícil falar sobre prazo. O que percebo a cada treino é como Saulo e Diego entendem a importância deles para o momento do clube. A posição de goleiro é muito específica, muito difícil. Um atacante que perde gol com 19 ou 20 anos não aparece tanto como um goleiro. O Saulo joga amanhã e nossa confiança nele é total.

CORAÇÃO EM DIA

- Te confesso que tantas emoções assim eu talvez não queria estar passando, mas são momentos necessários na nossa vida, uma tensão gostosa e isso vai te preparando na vida. Por mais que eu tenha mais de vinte anos nas categorias de base, o futebol profissional é diferente. Estou satisfeito até o momento, mas vislumbro coisas melhores para a equipe. Acredito que possamos navegar em águas mais tranquilas no Brasileiro. A equipe entende que se não formos no limite vamos perder muito dessa identidade.

GOL DE PIMPÃO FUNDAMENTAL

- É gostoso disputar um mata-mata e como foi importante o gol do Pimpão lá. O jogo de amanhã tende a ser um pouco diferente, com o Bahia esperando o Botafogo e utilizando do bom contra-ataque deles. Amanhã deve ser um jogo gostoso e esperamos que a gente possa divertir o público. Contamos com o apoio da nossa torcida e que possan encher nossa casa.

VOLANTES CAPACITADOS

- O Lindoso teve uma sequência longa de jogos e optamos em mantê-lo como primeiro. O Jean, por característica do plantel e o único jogador com essa característica mais defensiva. Todos os três podem jogar como primeiro e não estou preocupado com isso. Que a gente tenha muita sabedoria para encontrar os espaços. Tomara que tudo dê certo independentemente de quem entrar. O Matheus é um garoto jovem, mas que já jogou uma Libertadores bem.

Marcos Silva