notícia

Botafogo 71 x 60 Vasco

Com apoio da torcida, Fogão decide no último quarto e se classifica para a final do Carioca
Atualizado em 19-09-2018, 00:20

Sob muito apoio de uma torcida incansável na noite desta terça-feira, o Botafogo venceu o Vasco por 71 a 60 e se classificou para a final do Campeonato Estadual de Basquete. A equipe se mostrou impecável no último quarto e contou com atuação inspirada da dupla Cauê e Coelho, que combinou para 40 pontos, sendo 21 do capitão e cestinha, para fazer a festa da galera em General Severiano.

Em tom de igualdade, os postulantes a vaga entraram em quadra e trocaram bolas durante cinco minutos. Com mais presença no garrafão, o Glorioso pegou rebotes importantes e contou com boa atuação de Cauê, autor de sete pontos, para fechar a parcial em 22 a 15. Os visitantes reagiram na continuação da partida, empataram e obrigaram Léo Figueiró a parar o jogo. Na volta, brilhou a estrela de Coelho: o armador chamou a responsabilidade no ataque, caprichou nas bolas de três e chegou aos 16 pontos, sendo 11 na reta final do período. A atuação foi determinante para a vitória parcial de 38 a 28. 

O Botafogo encontrou dificuldades diante da marcação vascaína no terceiro quarto e viu seu desempenho ofensivo reduzido a um ponto por minuto, enquanto o adversário tirou a desvantagem do primeiro tempo e foi para a última etapa em igualdade: 48 a 48. Presente em bom número, a torcida sentiu o momento e engrossou o coro nas arquibancadas. Ansaloni respondeu com cesta de segurança e devolveu a liderança ao Fogão. Na saída de jogo, o lance decisivo: Duda Machado escorregou, Coelho recuperou a bola e foi pra cravada. Os alvinegros explodiram no Oscar Zelaya e o time ganhou ainda mais confiança para converter dois chutes de longa distância na sequência e se aproximar do triunfo. Na reta final, Cauê Borges foi quem calibrou a mão, terminou a etapa como maior pontuador e fechou a conta em 71 a 60. 

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Formado nas categorias de base do Clube e campeão estadual em 1991, o técnico Léo Figueiró não conteve a emoção e valorizou o resultado da sua equipe.

-  Comemorei tranquilo até o Carlos Eduardo me parabenizar e falar que eu tinha voltado pra minha casa. Veio o filme todo na minha cabeça, lembrei de tudo que passei quando era jogador e me emocionei. Sei quanto o botafoguense gosta de basquete e quanto esse esporte é importante para o Clube. É muito gratificante ver a torcida comparecendo, apoiando e fazendo a festa nesse momento de recomeço. Vencemos uma série difícil contra o Vasco, os atletas compraram a ideia de escrever uma linda história e estão fazendo por onde. Saio muito feliz da quadra hoje.

Classificado, o Botafogo espera o resultado da série entre Flamengo e Niterói, que se inicia nesta quarta-feira, para ter a definição das datas e mandos de quadra.  

 

Walner Junior