notícia

Parte do jogo

Marcinho encara críticas e elogios com maturidade e busca evoluir
Atualizado em 18-09-2018, 16:24

Líder de assistências do Botafogo no Campeonato Brasileiro e um dos líderes da equipe na temporada, o lateral-direito Marcinho cresce com a camisa do Botafogo. Jovem e com um longo caminho pela frente, o jogador busca evoluir a cada partida por metas ambiciosas dentro e fora do clube.

- Injustiçado é difícil dizer. A torcida vive de paixão e assim será ruim descrever. Depois que fui mencionado pelo Tite o foco virou. Pego bastantes vídeos com o pessoal da análise para buscar crescer. O foco virou e tenho que encarar essa responsabilidade. Os laterais tem que defender e também servir. São números expressivos, importantes e que chamam atenção - disse.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Marcinho:

PARA VENCER FORA DO RIO

- Por tudo que passou temos que levar de lição e aprender alguma coisa. Esses jogos são importantes para quebrarmos essa escrita fora do Rio de Janeiro.

A AUSÊNCIA DE ERIK DIANTE DO BAHIA

- Difícil me colocar no lugar do Zé. Temos bastante jogadores que jogam por alí para colocar no lugar do Erik, que tem feito grandes partidas. Qualquer um que entrar alí vai dar conta do recado.

OLHO NA AMARELINHA

- A esperança é a última que morre. Espero poder fazer um bom trabalho em campo para isso não ficar só no sonho.

EVOLUÇÃO COM ZÉ RICARDO

- Até estava conversando com ele semana passada e vi que meus números com ele melhoraram bastante. Tem me ajudado bastante nisso e a chegada dele tem sido importante.

Marcos Silva