notícia

Botafogo 1 x 1 Cruzeiro

Com gol de Luiz Fernando, Fogão empata e vai a 26 pontos no Brasileirão
Atualizado em 05-09-2018, 21h30

 

 
 

O Botafogo jogou melhor que o adversário, saiu na frente, esbarrou em grandes defesas de Fábio, mas terminou com o empate em 1 a 1 com o Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. Luiz Fernando fez o gol do Glorioso, que chegou a 26 pontos no Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Fluminense, domingo, no Maracanã.

O JOGO

Em casa, o Botafogo começou forte o primeiro tempo, fez gol e poderia ter aberto vantagem maior. No placar e no número de jogadores.

Logo aos 11 minutos, o Fogão abriu o placar! Igor Rabello fez bom lançamento, Erik ajeitou de cabeça e Luiz Fernando fuzilou para a rede. Botafogo 1 x 0 Cruzeiro!

O time visitante ameaçou apenas em uma finalização de Bruno Silva, bloqueada por Moisés. Já o Botafogo chegou na bola parada, cruzamento de Marcinho, mas Kieza não conseguiu finalizar bem. 

O Cruzeiro deveria ter um jogador expulso, quando Henrique deu entrada forte em Erik. Não teve. E achou o empate. Em cobrança de falta de longe, Edilson colocou 1 a 1 no placar. 

Aos 44, lance polêmico. Marcinho cruzou na área, Kieza cabeceou, Fábio saiu totalmente sem tempo de bola e acertou uma joelhada no atacante. Pênalti não marcado.

No segundo tempo, as melhores chances também foram do Botafogo. Aos 18, Igor Rabello mandou no travessão após cruzamento de Moisés. Aos 19, Lindoso cabeceou por cima. Já aos 20, Kieza lançou Luiz Fernando, que invadiu a área e bateu, para boa defesa de Fábio.

Aos 25, Botafogo novamente no ataque. Rabello ajeitou de peito, Kieza finalizou e Fábio saiu abafando. Aos 31, Matheus Fernandes bateu cruzado e a zaga cortou lance perigoso.

A pressão foi até o fim. A grande oportunidade veio aos 43, quando Marcinho limpou pela direita e cruzou, Ezequiel e Aguirre entraram, a zaga desviou para trás e Fábio fez um milagre. Ficou mesmo 1 a 1.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

Botafogo 1 x 1 Cruzeiro  

BOTAFOGO: Saulo, Marcinho, Joel Carli, Rabello e Moisés; Jean (Matheus Fernandes), Rodrigo Lindoso, Gustavo Bochecha, Erik e Luiz Fernando (Ezequiel); Kieza (Aguirre). Técnico: Zé Ricardo.

Danilo Santos