notícia

Ataque reforçado

Erik é apresentado e quer vestir a camisa alvinegra o quanto antes
Atualizado em 24-08-2018, 18:33

O atacante Erik é o novo reforço do Botafogo para a sequência da temporada. O jogador de 24 anos chega ao Glorioso após defender o Atlético Mineiro, equipe que atuou por empréstimo. Paraense e revelado pelo Goiás, Erik chamou atenção no cenário nacional nas temporadas 2014 e 2015, quando marcou 36 gols com a camisa esmeraldina. Motivado pelo novo desafio na carreira, o atleta espera ajudar o Botafogo e voltar a balançar as redes no clube do coração do seu pai.

- Quero agradecer ao esforço que o Anderson Barros fez e estou feliz por estar vestindo a camisa desse clube. Juntamente com meus companheiros quero poder dar alegrias aos nossos torcedores. Estou aqui desde segunda-feira e não posso esconder a felicidade de vestir a camisa desse clube que meu pai é torcedor desde criança. Vivo esse sonho junto com a minha família. Fui muito bem recebido e toda mudança gera uma esperança e espero trazer muitas alegrias para os torcedores - disse Erik em suas primeiras palavras com a camisa do Botafogo. 

A apresentação oficial de Erik foi feita pelo Gerente de Futebol Anderson Barros, que não escondeu a satisfação em poder contar com o jogador até o fim da temporada. Erik chega ao Glorioso por empréstimo junto ao Palmeiras até o fim da temporada e disputará o Campeonato Brasileiro. O jogador não poderá disputar a Copa Sul-Americana por já ter sido inscrito por outra equipe. 

- É um prazer mais uma vez estar aqui e apresentar um atleta com o Erik. Espero que possa estar pronto para nos ajudar até o final dessa temporada. Só falta a publicação hoje no BID para que tenha condição de jogo e espero que até o fim do dia ele possa estar no jogo de amanhã - disse Anderson Barros. 

Apresentação Oficial - Erik

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Erik, o novo atacante do Fogão!

PAI BOTAFOGUENSE

- Temos um carinho muito grande por todos os clubes que passei, principalmente pelo Goiás, o clube que me projetou. Assim que souberam da notícia a minha mãe me passou a foto do meu pai comigo no colo e ele estava com a camisa do Botafogo. Tinha um time lá no interior com o nome do clube também. Fiquei muito emocionado com isso. 

ESPÍRITO VENCEDOR AGREGADO AO TIME

- Não só eu, mas acredito que todos os atletas estão trabalhando forte no dia a dia para deixar o melhor dentro de campo. Por detalhes não pontuamos contra o Palmeiras no último jogo. Estou feliz e confiante. Raça e vontade nunca faltarão e acredito que posso ajudar bastante dentro de campo. 

LOUCO PARA JOGAR

- O que está na minha cabeça é isso, estar liberado para jogar esse jogo. Sempre estava indo para os jogos no Atlético, só não estava sendo utilizado. Mesmo se não der eu estarei na torcida, mas o que mais quero é estar em campo. 

NOVO DESAFIO NA CARREIRA

- A minha vida sempre foi feita de desafios desde quando saí do interior do Pará, um lugar que dificilmente encontraria um caminho para ser atleta. Sempre transformei essa dificuldade em alegria para fazer as coisas da melhor forma possível. Encaro esses dezoito jogos como dezoito finais e quem sabe eu possa ampliar isso. Não só nesses jogos, mas também na torcida pela Sul-Americana.

BOAS LEMBRANÇAS POR ONDE PASSOU

- Sempre gosto de falar, só tenho boas lembranças. Meu primeiro no ano no Palmeiras eu pude ser Campeão Brasileiro e todo dia é um amadurecimento. Hoje chegou ao Botafogo mais maduro. No Galo a passagem também foi boa, com mais vitórias do que derrotas. 

A VITÓRIA É O MAIS IMPORTANTE

- A partir do momento que as vitórias chegam as coisas acontecem. Costumo falar que a vitória é sempre mais importante que um gol. Quero sair de campo com a sensação que dei o melhor lá dentro e quero que o time saia de campo vitorioso.

Marcos Silva