notícia

Decisão pela frente

Zé Ricardo lamenta derrota para o Palmeiras e mira reação em confronto com o Sport
Atualizado em 23-08-2018, 10h00

Sem tempo para lamentar, o técnico Zé Ricardo já projeta o confronto com o Sport, após o jogo com o Palmeiras. O treinador do Botafogo valorizou a aplicação do time, apesar da derrota por 2 a 0 nesta quarta-feira, e destacou a importância de uma rápida reação.

Confira os principais trechos da entrevista de Zé Ricardo:

DERROTA PARA O PALMEIRAS

-  Não gosto de fazer comparações, mas estou fazendo um começo de trabalho. Sofremos com ausências, mas não deixamos de lutar até a expulsão. Acho que foi um pouco exagerada, mas não cabe comentar isso agora. O lance foi decisivo para o resultado final. A gente jogava bem, e o jogo foi decidido na categoria do Lucas Lima.

EXPULSÃO DE MOISÉS

- Fui falar com o Gilson antes porque estávamos com jogadores de frente desgastados. Saulo teve problema muscular, ficou um certo medo de fazer as substituições e perder o goleiro depois. Não queria tirar o Moisés, pois estava bem na marcação. A expulsão acho que foi um pouco exagerada, mas não cabe muito comentar. 

DESFALQUES

- Hoje ficamos sem meia central. João Paulo, Marcos Vinicius, Leandrinho, Renatinho, hoje colocar o Leo Valencia era risco de perder para a frente. Esperamos que ele e Carli voltem sábado. Vamos analisar com nossa fisiologia se podemos botar o Erik também. Sobre o departamento médico, ainda tenho que aguardar.

SEQUÊNCIA NEGATIVA

- É ruim. Resultado postivio dá equilíbrio e confiança para trabalhar. Assim é o Campeonato Brasileiro. Mas confio muito no time. O resultado hoje foi pela força que o Palmeiras tem em casa e pelo elenco. Mas reagimos bem, dá indício que podemos fazer sequência melhor. Sábado temos uma verdadeira decisão, precisamos vencer em casa. É ter equilíbrio e continuar confiante que vai dar certo.

Assessoria de Imprensa