notícia

Palmeiras 2 x 0 Botafogo

Com um jogador a menos, Fogão perde fora de casa e segue com 22 pontos
Atualizado em 22-08-2018, 22h55

 

 
 

Fora de casa, o Botafogo fez jogo duro com o Palmeiras, se portou bem defensivamente, mas teve um jogador expulso e levou dois gols no fim do segundo tempo. O Fogão perdeu por 2 a 0 no Allianz Parque, nesta quarta-feira, e permaneceu com 22 pontos no Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Sport, sábado, às 21h, no Estádio Nilton Santos. A torcida está convocada a jogar junto com o time, com ingressos a partir de R$ 5.

O JOGO

Com diversos desfalques, o Botafogo fez primeiro tempo consciente do que seria a partida, se fechou e apostou em contra-ataques. O Palmeiras teve mais a bola e as chances, mas sem conseguir ameaçar de forma real.

É verdade que na primeira oportunidade Willian invadiu a área e bateu cruzado para boa defesa de Saulo. O goleiro também apareceu ao defender chute de Bruno Henrique e levou sorte aos 19, quando espalmou a bola em cobrança de escanteio, ela tocou no travessão e voltou em suas mãos.

O Botafogo tentava os contra-ataques e só levou perigo em chutes de longe. No melhor deles, aos 32, Marcinho soltou uma bomba, Weverton teve que espalmar e a zaga cortou para escanteio. Do outro lado, Borja obrigou Saulo a fazer boa defesa e Moisés finalizou uma rente à trave. Em outra oportunidade, foi Dudu quem assustou com chute de fora.

No início do segundo tempo, o Fogão teve seu melhor momento. Moisés cruzou da esquerda, Matheus Fernandes cabeceou de peixino e Weverton pegou. Aos 2, Bochecha deu ótimo passe, Luiz Fernando invadiu e finalizou cruzado, o goleiro espalmou para escanteio. Em outro lance, Bochecha bateu para fora.

O Palmeiras começou a apertar. Borja perdeu boa chance na pequena área, Dudu tentava de todas as formas. Quando o jogo esquentou, Felipe Melo deu carrinho forte em Moisés, provocou o lateral e xingou os reservas do Botafogo. O juiz deu amarelo só para Brenner, por reclamação.

Aos 26, quando o Palmeiras pouco conseguia atacar, Moisés fez falta em Dudu, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A expulsão mudou a cara do jogo. Com mais espaços, o time da casa chegou à vitória. Aos 32, Dudu fez ótimo cruzamento e Lucas Lima pegou de primeira para abrir o placar. 

Aos 35, o árbitro marcou pênalti em lance em que a bola bateu no peito de Igor Rabello. Mais um erro de arbitragem contra o Botafogo. Menos mal que Saulo pegou a cobrança de Dudu.

Porém, aos 41, Lucas Lima cobrou falta com precisão e fechou o placar em 2 a 0.

BOTAFOGO: Saulo, Marcinho, Yago, Rabello e Moisés; Jean, Matheus Fernandes e Bochecha (Gilson); Luiz Fernando (Ezequiel), Rodrigo Pimpão e Brenner (Aguirre). Técnico: Zé Ricardo. 

Danilo Santos