notícia

Outra atmosfera

Luiz Fernando renova ânimo com promessa de casa cheia pela Sul-Americana
Atualizado em 13-08-2018, 19:50

O Botafogo vira a chave do Campeonato Brasileiro para a Copa Sul-Americana, competição que o Glorioso busca o bicampeonato. O adversário é o Nacional do Paraguai e motivação e apoio não faltarão ao Alvinegro já que a torcida empurrará o time com grande público no Estádio Nilton Santos. Em entrevista coletiva, Luiz Fernando, autor do gol botafoguense na partida de ida, falou sobre a expectativa para o jogo. 

- Lá também fizeram cera, mas o nosso grupo é esperto e vai saber levar isso. Vamos procurar jogar futebol e ir para cima para sairmos a classificação. Todo grupo está pensando positivo e sabemos que a torcida irá nos apoiar. No ano passado eu acompanhei o Botafogo na Libertadores e vi o Estádio Nilton Santos lotado. Com a casa cheia a atmosfera é outra, com apoio até o final, e isso vai ajudar bastante a equipe para sairmos com a classificação - disse.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Luiz Fernando:

OPORTUNIDADE DIANTE DO PARANÁ

- Foi um lance meio difícil, a bola quicou antes, mas sou atacante e não posso estar errando um gol daquele. Me cobro bastante, fiquei remoendo o lance durante a noite... Sabíamos que seria um jogo difícil pelo fato do Paraná jogar em casa e querer impor o jogo. Aconteceu de tomarmos o gol de empate, mas vamos virar a chave que na quinta-feira teremos um jogo importante. 

SEMANA BOA DE TRABALHO

- Esse semana foi muito boa, com o Zé implementando o seu trabalho devagarzinho e acredito que nós jogadores vamos pegando aos poucos o que ele nos pede. Agora vamos ver o que nos passará amanhã para esse jogo importante. 

CUIDADO MAIOR NAS FINALIZAÇÕES

- Acho que é mais uma questão de aprimorar as nossas finalizações no treino para estarmos preparados quando a oportunidade chegar no jogo. Claro que estamos incomodados pelos atacantes não marcarem os gols, nós carregamos essa cobrança de marcar e fico feliz por ter marcado na Sul-Americana, meu primeiro gol numa competição internacional e espero quinta-feira poder ajudar o Botafogo também a sair com o resultado positivo. 

RODRIGO AGUIRRE

- Sabemos da capacidade dele, é um grande jogador e vai nos ajudar bastante no decorrer da temporada. Ele é um jogador de bastante força, velocidade, inteligência e sabe jogar. Creio que vai nos ajudar bastante no decorrer da temporada. 

DE OLHO NO NACIONAL

- A equipe deles é aguerrida, joga duro e acredito que virão fechadinhos por conta da vantagem. Teremos que nos impor dentro de casa e essa questão de tomar o gol no finalzinho incomodou bastante o grupo, ficamos chateados por termos deixado a vitória escapar. Mas agora é outra competição e vamos trabalhar nesses dois dias que faltam para fazer uma bela partida. 

GATITO

- Conversamos com ele todos os dias e está bastante confiante, sentindo falta de estar em campo para ajudar o Botafogo. O Gatito é um goleiro sensacional, não tenho o que falar dele e creio que quando voltar nos ajudará bastante.

Marcos Silva