notícia

Nossos ídolos - Helinho

Ex-jogador da década de 80 é homenageado no Estádio Nilton Santos antes de clássico
Atualizado em 14-05-2018, 19h45

Conhecido por cultuar e reverenciar seus ídolos, o Botafogo homenageou antes do Clássico Vovô desta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, o ponta Helinho, que atuou no clube na década de 80. O ex-jogador foi presenteado com uma camisa personalizada com o mítico número 7 pelo Presidente Nelson Mufarrej, o Vice-Presidente Geral Carlos Eduardo Pereira, o Vice de Futebol Gustavo Noronha e membros do Conselho Diretor, além do patrocinador Felipe Neto.

Essa é a proposta do projeto "Nossos ídolos": resgatar personagens que se destacaram com a camisa do Glorioso ao longo da centenária história do clube. Em breve, novos ex-jogadores serão convidados para voltar a sentir o carinho da torcida décadas após encerrarem a carreira. Uma justa homenagem àqueles que colaboraram para projetar a Estrela Solitária ao longo do tempo.

Ponta direita do Botafogo entre 83 e 88, Helinho disputou 193 partidas pelo Glorioso e marcou 33 gols. Vestindo a camisa gloriosa, foi campeão do Torneio de Genebra (84), Torneio de Berna (85) e do Torneio de Palma de Mallorca (88), entre outros. Com a projeção recebida no Botafogo, competiu pela Seleção Brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 83, em Caracas, na Venezuela.

Confira a galeria de fotos de Vitor Silva / SS Press / Botafogo!

Homenagem a Helinho  

Assessoria de Imprensa