notícia

Triunfo importante

Alberto Valentim e Brenner valorizam vitória no Chile e boa fase do Botafogo
Atualizado em 13-04-2018, 11h00

Campeão carioca, o Botafogo estreou com vitória na Sul-Americana 2018. Não foi fácil, mas o Fogão virou o jogo e venceu o Audax Italiano por 2 a 1, nesta quinta-feira, em Santiago, no Chile. O autor do primeiro gol, Brenner, e o técnico Alberto Valentim foram os convocados para conceder entrevista coletiva após o jogo.

O tom foi parecido: valorizar o resultado e a boa fase do Botafogo. Afinal, o time se aproximou da classificação na competição. A partida de volta ocorre no dia 9 de maio, no Estádio Nilton Santos.

Confira os principais pontos da entrevista:

ANÁLISE

Alberto Valentim: Nosso time começou bem, criando com Gilson. Depois nos perdemos, erramos algumas saídas e fizemos com que o Audax jogasse no nosso campo defensivo. Eles fizeram o gol. Voltamos bem melhor no segundo tempo, procurando fazer jogo melhor tecnicamente, rodar mais a bola, ter oportunidades. Conseguimos empatar e virar, vitória muito importante, principalmente por dois gols fora de casa.

Brenner: Esperávamos pelo que vimos nos vídeos um time que usa muito a bola longa, raspada de cabeça, foi o que aconteceu. Abusaram dessa bola longa, mas já estávamos preparados para isso. Voltamos de maneira diferente para o segundo tempo, como o Botafogo costuma jogar, com a posse de bola, buscando primeiro empatar. E o gol no fim ficou excelente. A vitória era tudo que queríamos.

CLASSIFICAÇÃO GARANTIDA?

Alberto Valentim: Nem se tivéssemos ganho de 3 a 0 já estaria decretado. Pelo contrário. Apesar de o jogo estar muito longe, vamos nos preparar bem para a partida e buscar classificar. Sem pensar nessa vantagem, talvez nos minutos finais ou acréscimos apenas. 

MUDANÇAS NO TIME

Alberto Valentim: Mesmo depois da saída do Renatinho, poderíamos ter feito um gol ou jogado melhor no primeiro tempo. Matheus Fernandes tem boa saída de bola. Não estávamos conseguindo desde lá atrás, tínhamos que nos movimentar mais. Optei pela saída dele (Matheus) para aproveitar a qualidade ofensiva do Marcos Vinicius, que é um camisa 10 de origem, faz a penúltima bola.

ATUAÇÃO DE VALENCIA

Alberto Valentim: Leo é um jogador que está nos ajudando bastante. Hoje estava ansioso para fazer boa partida e gol, normal quando se joga em seu país. Mas nos ajudou, é um jogador que contamos muito para essa temporada.

MELHOR MOMENTO?

Brenner: O atual é sempre o melhor. Vivi boa fase no Internacional, 8 gols em 4 jogos, fase excelente. Porém, aqui o Kieza chegou, é normal, o time necessitava de mudança. Foi o momento que pude trabalhar minha forma física, quieto no meu canto, porque sabia que teria que mostrar serviço. Por acaso, Kieza sentiu lesão e eu estava preparado. O fruto desses gols não é por acaso, se deve ao trabalho feito por mim e pela comissão.

Botafogo de Futebol e Regatas