notícia

Domínio absoluto

Botafogo repete 3 a 0 na UPIS e se classifica para as semifinais da Superliga B
Atualizado em 22-03-2018, 23:00

O Botafogo venceu a UPIS por 3 sets a 0, no segundo jogo das quartas de final da Superliga B, e confirmou a classificação na noite desta quinta. A equipe voltou a mostrar ótimo padrão de jogo, dominou grande parte do confronto em General Severiano e engatou a sexta vitória consecutiva no torneio.

O jogo começou com troca de pontos e muito equilíbrio no Oscar Zelaya. Tropeçando nos próprios erros, as equipes caminharam até a metade da parcial em igualdade, quando o bloqueio de Alberto apareceu para dar vantagem de dois pontos ao Glorioso. A diferença foi suficiente para os alvinegros administrarem até o fim e vencerem por 25 a 22. Na segunda etapa, o cenário foi diferente e o time do técnico Mauro Lima comandou as ações com tranquilidade. Partindo de sequências de saques precisos, com Reffatti e Damião, e terminando em bloqueios cirúrgicos, o time não teve dificuldades para fazer 25 a 17 e se aproximar da vitória. 

 A partida voltou a ganhar contornos de igualdade no último set, mas com diferença confortável para o  Fogão. Logo no início, o bloqueio encaixou e causou muitas dificuldades pro ataque brasiliense, hora com tocos, hora com amortecidas. As situações proporcionaram inúmeros contra-ataques ao time da Estrela Solitária, que contava com uma excelente distribuição de Marcelinho. O fundo de quadra, bastante exigido, também fazia bom trabalho e se tornava mais um fator decisivo para a manutenção do placar, nunca permitindo dois pontos seguidos da UPIS. A classificação, que parecia só questão de tempo, foi confirmada com a parcial 25 a 20, para concretizar o domínio absoluto da série. 

Líbero com mais uma atuação segura, Felipe Stolberg dedicou o bom desempenho ao treinamento e destacou a sequência positiva.

-  Estou muito feliz com esse resultado, além da classificação é a nossa sexta vitória seguida e comprova nossa crescente. Acredito que o ponto de partida para essa fase foi o passe, que encaixou, e o time começou a evoluir muito em todas as ações. Hoje, a UPIS veio forçando muito o saque mas nossa linha funcionou graças a uma ótima semana de treinos. Trabalhamos bem pesado e nosso foco era não tomar ace de forma alguma e evitar "passes C" porque com o "B" o time consegue jogar. Eles forçaram, fizemos boas recepções e tudo fluiu como o planejado.

Classificado pela terceira vez seguida para as semifinais da Superliga B, o Botafogo vai enfrentar o Itapetininga em nova série melhor de três. Quem avançar para a decisão do torneio se garante na elite do vôlei nacional.

 

Walner Junior