notícia

Alto Preparo

Com bons resultados, Anderson Gomes detalha trabalho de preparação física no Sub-20
Atualizado em 06-02-2018, 19:20

A garotada Sub-20 do Fogão tá voando baixo nesse ínicio de Taça Guanabara. Em três partidas disputadas, o Glorioso reúne ótimos resultados como a liderança isolada do Grupo B com 100% de aproveitamento, 10 gols marcados e apenas 1 sofrido, porém o que mais vem impressionando é a intensidade demonstrada pela equipe alvinegra no decorrer dos jogos.

Comprometimento tático, transições em velocidade, forte marcação entre outros conceitos aplicados em campo durante os 90 minutos de jogo sem deixar cair demandam uma preparação muito forte. E é assim que o preparador físico do Sub-20 alvinegro Anderson Gomes detalha o trabalho de condicionamento realizado na categoria. 

- Todas as atividades que nós programamos para serem realizadas envolvem a ideia e o modelo de jogo que vão ser desenvolvidos com uma cobrança bem forte em cima da intensidade. Então, temos treinos muito intensos, que é o que os jogos pedem, e nós cobramos muito isso dos atletas durante os treinamentos. Nosso trabalho é estar sempre envolvendo a parte física dentro do nosso modelo de jogo, isso de acordo com o pensamento do treinador. A gente desenvolve as atividades em conjunto com o Barroca. Então, é uma preparação integrada e não isolada. Talvez, esse seja o nosso diferencial para o sucesso que a categoria tem obtido há algum tempo. - explica Anderson.

Sem título

Analisando os números que a equipe vem mostrando nessa fase inicial do carioca, Anderson conta que o trabalho vem sendo feito desde o ano passado e analisa esse período de trabalho como positivo.  

- Não houve uma preparação específica para o estadual. Na verdade, a preparação no Sub-20 é continuada e iniciou após a conquista do OPG no ano passado, onde começamos um novo ciclo com jogadores dos anos de 1998, 1999 e 2000. Eles tiveram a oportunidade de participar de duas competições de altíssimo nível, que foram a Copa RS e a Copa São Paulo, o que permitiu a eles entrarem no estadual em um nível muito bom de desempenho, considerando a parte física, e nos ajudou a estar realizando esse inicio de campeonato muito interessante. - disse.

Pensando na frente, o preparador alvinegro planeja sempre seguir evoluindo, mesmo que nem sempre seja possível, o grande desafio e objetivo do trabalho é dar condições para os jovens atletas sem mantenham em alto nível de competitividade.

- O que a gente espera para o decorrer do ano em todos os aspectos, desde a parte técnica, tática e física, é estar sempre em evolução. O que buscamos é manter sempre um ótimo desempenho físico, pode ser que não seja o 100%, mas temos que buscar que eles tenham uma ótima performance durante um longo tempo. Esse é o principal objetivo e, talvez, o grande desafio, mante-los no ápice durante bastante tempo. - prospectou Anderson.

Pela quarta rodada da Taça Guanabara, o Sub-20 do Alvinegro entra em campo para enfrentar o América, nesta quarta-feira (07/02), às 10h, no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos.

Fabio de Paula