notícia

Botafogo 1 x 0 Boavista

Com gol de Brenner, Fogão vence mais uma, chega a 8 pontos e vira líder
Atualizado em 28-01-2018, 18h58

 

 

Mais uma vitória no Campeonato Carioca! O Botafogo venceu a segunda seguida ao derrotar o Boavista por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, com gol de Brenner. De quebra, assumiu a liderança do grupo na Taça Guanabara, com 8 pontos. 

O próximo adversário é o Madureira, sábado, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

Motivado pela vitória sobre o Macaé no meio da semana, o Botafogo voltou ao Estádio Nilton Santos disposto a buscar a liderança do grupo na Taça Guanabara. O time fez bom primeiro tempo, mas faltou o gol. 

O início foi morno, estudado, sem chances de gol. A primeira para o Botafogo só veio aos 20 minutos, em falta na entrada da área, em que Valencia acertou a barreira. Aos 25, Pimpão se antecipou a Julio Cesar e quase chegou antes do goleiro.

A parada técnica fez bem ao Botafogo, que passou a jogar mais com a bola no pé e com triangulações. Em bom lance coletivo, Pimpão cruzou rasteiro e João Paulo bateu por cima. Aos 31, uma jogada inacreditável: João Paulo finalizou de esquerda na trave, Brenner mandou o rebote no travessão e Rodrigo Pimpão foi empurrado quando preparava a bicicleta para o gol. O juiz não deu pênalti.

Ainda houve uma última oportunidade, com Leo Valencia, que roubou bola no ataque, viu Brenner livre, mas cruzou na mão do goleiro. O Boavista respondeu em falta que Erick Flores bateu cruzado, Jefferson espalmou e Gustavo mandou por cima.

Na etapa final, o Botafogo logo encontrou o caminho do gol. Gilson roubou bola na zaga, partiu em velocidade, recebeu de Valencia e sofreu pênalti. Brenner cobrou com categoria para abrir o placar aos 3! Botafogo 1 x 0 Boavista.

O adversário apenas especulava e pouco criava, enquanto o Fogão levava perigo. Aos 15, após escanteio cobrado por João Paulo, Marcelo cabeceou por cima. Renatinho entrou colocando mais gás no setor ofensivo. Ele deu um chute para fora e cobrou uma falta cruzada, que o goleiro rebateu. 

No fim, o Botafogo foi inteligente para controlar a bola, o adversário e o resultado, garantindo mais uma vitória!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Jefferson, Arnaldo, Marcelo, Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo, Leo Valencia (Renatinho), Rodrigo Pimpão (Ezequiel) e Luiz Fernando; Brenner (Dudu Cearense). Técnico: Felipe Conceição.

Danilo Santos