notícia

É CAMPEÃO!

Sub-17 do Fogão conquista a Taça Rio sobre o Flamengo e está na decisão do carioca
Atualizado em 29-10-2017, 21:20


A Taça Rio Sub-17 de 2017 é do Botafogo! Na tarde deste domingo (29/10), a molecada alvinegra empatou com o Flamengo por 2 a 2 na Gávea. Como havia vencido o primeiro jogo por 3 a 2 no Estádio Nilton Santos, o Glorioso conquistou o título do segundo turno do Campeonato Carioca e garantiu uma vaga na grande decisão do torneio. Gláuber, de pênalti, e Rhuan, em uma linda cobrança de falta, marcaram os gols alvinegros da partida.

Por vencer o primeiro turno (Taça Guanabara), o Flamengo será novamente o adversário alvinegro na decisão geral do estadual, que acontecerá nos em duas partida no sistema de ida e volta nos dois próximos finais de semana. Datas, horários e locais ainda serão definidos pela FERJ.

O JOGO

Frente a frente mais uma vez na temporada, as equipes Sub-17 de Botafogo e Flamengo, que vão dominando as finais dos torneios da categoria, adentraram ao gramado da Gávea para mais embate valendo a Taça Rio. Para o Glorioso, o título também valeria uma vaga na decisão geral do Carioca. Já para a equipe mandante, a conquista significaria o título carioca de forma direta.

A bola rolou e o jogo bombou. Lá e cá, muitas chances de gol e partida bastante equilibrada, o duelo não fugiu do habitual entre as equipes e mostrou o porquê os dois times estavam ali. A primeira chance do jogo foi alvinegra, aos 13 minutos, Rhuan tentou de fora da área, mas o chute, com pouca força, parou no goleiro rubro-negro.

Um pouco depois, aos 16, em uma jogada aérea na pequena área do Flamengo, a bola pegou na mão do marcador e o árbitro assinalou pênalti para o Fogão. O zagueiro alvinegro Gláuber foi para a cobrança e colocou o Botafogo na frente. GOL DO GLORIOSO! 1 a 0 no placar!

Em total desvantagem na partida e também no agregado, o time da casa não viu outra alternativa a não ser ir ao ataque e tentar virar a partida. Marcello, em um bom contra-ataque, quase abriu uma vantagem maior para o Alvinegro. Porém, em um lance de bola parada aos 31, Vitor empatou para o time mandante. 1 a 1.

O gol animou a equipe Rubro-negra que ainda conseguiu a virada no fim da primeira etapa com Patrick. 2 a 1. Mesmo atrás no placar, os comandados por Thiago Aprigio (Phelipe Leal que está com seleção Sub-15 conseguiu a liberação, esteve presente mas ficou na arquibancada) acertaram os ponteiros no vestiário e voltaram para a segunda etapa sabendo o que tinha que ser feito.

No embate equilibrado, o Botafogo levava certa vantagem no domínio das ações de construção de oportunidades. Elivélton, aproveitando bom passe de Marcello, foi travado no último segundo antes de arrematar aos 9. Aos 18, Rhuan limpou o marcador na entrada da área e finalizou com força, mas o arqueiro rival defendeu.

E quando a partida já parecia estar se encaminhando para o final e com uma disputa por pênaltis à vista, Rhuan brilhou, tirou uma carta da manga e resolveu. Aos 33, o camisa 10 alvinegro cobrou uma falta com perfeição no ângulo sem chaces de defesa. GOLAÇO DO FOGÃO! Flamengo 2 x 2 BOTAFOGO.

Depois disso, o elenco mostrou maturidade e soube suportar a tentativa de pressão imposta pelo Flamengo até o apito final. Fim de papo! O Botafogo faturou o segundo turno do carioca e carimbou com méritos seu passaporte para a grande final do Carioca. Vamos em frente, garotada. Tem mais por vir!

Botafogo: André; Elivélton, Pimenta, Gláuber e Basseto (João); Michel, Maciel (Marcos Paulo) e Marlon (Claudinho); Rhuan, Barbosa (Carlinhos) e Marcello. Técnico: Phelipe Leal (Thiago Aprigio).

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS NAS IMAGENS DE VITOR SILVA/SS PRESS/BFR:

 

Fabio de Paula