notícia

Nada perdido

Botafogo faz boa partida mas é superado, por 3 sets a 1, no primeiro jogo da final
Atualizado em 07-10-2017, 21:30

Botafogo e Sesc-RJ começaram a decidir o Estadual de Vôlei na noite deste sábado, em General Severiano, e os visitantes venceram por 3 sets a 1. O time do técnico Mauro Lima saiu na frente, teve boa atuação mas encontrou problemas para concretizar a vitória, um deles sendo a contusão de Marcelinho.

As equipes entraram vibrantes em quadra. Alex Damião era muito acionado por Marcelinho e correspondia. O oposto comandou as viradas de bola e emplacou boa sequência de viagens e ajudou o time a abrir 13 a 9. Recuperado, os visitantes encostaram e os times mostraram o porquê de estarem decidindo a competição. Forçando o saque no fim da etapa, o Glorioso saiu com a vitória de 25 a 23 e fez o Oscar Zelaya balançar. 

Na volta para o segundo set,  a linha de passe dos alvinegros não teve bom rendimento e contribuiu para os visitantes abrirem vantagem de 16 a 11. Aos poucos, com trocas, o time foi encurtando a distância. Mauro Lima substituiu Mark por Igor e inverteu, com Renan e Vítor. Em boa sequência de saques de Renan Michelluci, o time encostou no setpoint adversário. Com 24 a 22 e contra-ataque nas mãos, Marcelinho torceu o pé no bloqueio e decretou o fim da etapa. Como já havia estourado o limite de trocas, a parcial teve que ser fechada em 25  a 22.

O time sentiu a substituição no terceiro set e foi vencido por 25 a 17. Marcelinho, utilizado nos últimos pontos, voltou à quadra e o time retomou o equilíbrio. As viradas de bola funcionaram com mais regularidade, desta vez com passe mais direcionado, tanto com os pontas como no meio da rede. Ponto a ponto, as equipes caminharam para o fim do jogo, onde os visitantes conseguiram a vitória por 25 a 21. Ao último apito do árbitro, os alvinegros saíram de quadra sob aplausos e prometendo ainda mais para buscar o título na casa do rival.


Botafogo e Sesc-RJ voltam à quadra nesta terça, ás 20h, no Ginásio do Tijuca. Uma vitória alvinegra força um  set desempate. 

 

Walner Junior