notícia

Mais que três pontos

Carli vê motivação por G-6 e promete time aguerrido contra o Santos
Atualizado em 14-09-2017, 18:14

O momento é mais que especial, com o Glorioso na disputa por uma vaga na semifinal da Copa Libertadores, mas a boa campanha também passa pelo Campeonato Brasileiro, com o Alvinegro na 7ª colocação e a um passo de entrar no G-6. O próximo desafio pela competição nacional será contra o Santos, adversário direto e que também precisa se dividir entre Brasileirão e Libertadores. A promessa é de um grande jogo no Estádio Nilton Santos, sábado, às 19h.

- Sem dúvida pensar no G-6 nos dá uma motivação e isso é muito bom, né. O Campeonato Brasileiro é muito importante e não podemos dar mole. O Jair escalará a melhor equipe no sábado para que possamos continuar nessa briga pelo G-6. Na verdade é difícil se concentrar com a Libertadores no meio do caminho, mas somos profissionais e sabemos que teremos um jogo muito importante no sábado contra o Santos. Pelo que a gente vê e lê o Santos também está com o foco na Libertadores, na mesma situação que nós, mas pensamos no Botafogo - disse Joel Carli.

O capitão do Botafogo também demonstrou confiança na classificação alvinegra. Para o camisa 3, o Glorioso pode sim buscar seu lugar na semifinal da Libertadores na Arena do Grêmio, assim como já fez contra outras grandes equipes na competição.

- Não posso falar exatamente o que falei com meus companheiros, mas penso que não ficamos com essa sensação de ter que fazer algo a mais. Sempre precisamos corrigir coisas, mas demos o nosso máximo. No segundo tempo melhoramos o posicionamento, controlamos mais o jogo. O Grêmio também conta com jogadores muito experientes e souberam jogar o jogo. Nossa torcida e o time também saiu com essa frustração por não ter vencido em casa, mas também sabemos que teremos mais 90 minutos e que podemos vencer lá. Enfrentamos equipes importantes na pré e na Libertadores. O Botafogo já provou que é um time que não vê limitações para jogar fora de casa - encerrou o defensor argentino.

Marcos Silva