notícia

Tudo em aberto

Jair Ventura considera empate justo e destaca que Botafogo está vivo na luta pela vaga
Atualizado em 17-08-2017, 0h38

Não foi bom, mas também não foi ruim. O Botafogo queria a vitória no Estádio Nilton Santos sobre o Flamengo, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, mas saiu com o empate em 0 a 0, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Resultado que foi considerado normal pelo técnico Jair Ventura.

Em entrevista coletiva, o treinador reconheceu que o jogo poderia ter sido melhor em qualidade e destacou que o Botafogo tem chances reais de conseguir a classificação para a decisão.

Confira os principais trechos:

ANÁLISE

- Foi um jogo truncado. Para quem assistiu, é apaixonado pelo futebol, foi muito aquém. Esperávamos mais, duas equipes se respeitaram, poucas oportunidades, não teve mais jogo após expulsões. Foi um jogo ruim. Dentro da nossa casa, fica situação de ter que vencer, mas empatar sem gols é o melhor empate que poderia ter sido. Se faz um gol no Maracanã fica mais vivo ainda. Tudo aberto. Acabou o primeiro tempo, temos o segundo no Maracanã.

ESTRATÉGIA

- Nossa estratégia era marcação pressão, marcamos algumas, tivemos chances, depois eles tiveram bola sem objetividade, toques entre zagueiros e laterais. Erramos diagonais, contra-atacaram em velocidade. Nenhuma das equipes jogou o suficiente para vencer, foi justo. Estamos vivos porque qualquer empate com gol nos classifica.

O QUE MUDOU?

- Foi um conjunto. Deixamos a desejar dentro de grandes performances que vínhamos fazendo, mas a oscilação é normal, ainda mais contra um grande adversário. Hoje não repetimos as performances. Por isso o empate sem gols.

TÉCNICO ADVERSÁRIO CONHECER O BOTAFOGO (2 CONFRONTOS CONTRA O ATLÉTICO NACIONAL)

- Foi a equipe que ele estudou, nos enfrentamos duas vezes. Conhecia bastante a nossa equipe. Facilitou a vida dele sim.

Danilo Santos