notícia

Botafogo 0 x 0 Flamengo

Fogão empata no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil
Atualizado em 16-08-2017, 23h40

 

 


Tudo igual no jogo de ida. Botafogo e Flamengo fizeram um jogo totalmente equilibrado, até no número de expulsões, e empataram 0 a 0 nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, pela Copa do Brasil. A partida de volta da semifinal da Copa do Brasil será na próxima quarta, no Maracanã. O Fogão precisa vencer ou empatar com gols para se classificar para a decisão.

Antes, o Glorioso enfrenta a Ponte Preta, domingo, no Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Brasileiro.

O JOGO

O cenário era o que o Botafogo conhecia esse ano: jogo grande, casa cheia, mata-mata, decisão. No Estádio Nilton Santos, a torcida do Botafogo compareceu em peso e fez uma recepção de gala ao time, com direito a Black Hell, mosaico "Não se compara", escudo gigante e faixas.

Dentro de campo, um jogo equilibrado e parelho, de muita disputa no meio-de-campo. Os dois times marcaram batante, fecharam os espaços e não criaram chances claras. A primeira foi do Flamengo, em cabeçada de Rever que Gatito enxaicou. A resposta do Botafogo veio em cruzamento de Pimpão espalmado por Muralha e em chute de João Paulo por cima.

Aos 26, Bruno Silva fez lindo lance pela direita, entortou seu marcador e cruzou rasteiro, na direção do gol, Roger quase chegou e Muralha pegou. Pouco depois, o volante arriscou de voleio, para fora.

No fim do primeiro tempo, foi o Flamengo que quase marcou. Após bate-rebate, Berrio teve sobra na área e bateu para milagre de Gatito Fernández, mas a arbitragem já havia parado a jogada.

Na etapa final, o jogo ficou mais truncado e caiu de ritmo. Excesso de vontade, faltas mais fortes, marcação dura e poucas jogadas construídas deram a tônica. Na bola parada, o Flamengo parou no travessão, em cobrança de falta de Diego, aos 11.

O Botafogo reclamou de lance em que João Paulo dominou a bola entrando na área e foi derrubado, na sequência Roger impedido bateu por cima. O árbitro marcou apenas o impedimento. Já aos 30, Matheus Fernandes arriscou de longe e Muralha pegou.

Até que, aos 34, em uma confusão, Muralha e Carli foram expulsos por se desentenderem. Apesar de ainda haver muito tempo de jogo, pouco aconteceu. Terminou mesmo 0 a 0. Ficou para a volta!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva e Satiro Sodré / SS Press / Botafogo)

Botafogo 0 x 0 Flamengo  

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Leandrinho) e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcelo). Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos