notícia

Pela América e por ela

Motivado pela filha Ísis, Victor Luis será gás total para avançar às quartas da Libertadores
Atualizado em 08-08-2017, 18:34

Os últimos dez dias mudaram a vida do lateral-esquerdo Victor Luis, o mais novo papai do Botafogo. A pequena Ísis chegou e motivou ainda mais o camisa 6 para o duelo diante do Nacional-URU, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. No jogo de ida, vitória por 1 a 0 com gol de João Paulo.

- Sempre foi um sonho poder olhar para o rostinho dela e correr ainda mais. É inexplicável. Em termos de grupo, plantamos ano passado para colhermos hoje. Vamos manter a humildade e encarar esse momento único. Aproveitar esse jogo e jogar com alegria para podermos fazer uma grande partida - disse.

Com a vantagem no marcador, o Botafogo decidirá em casa seu destino na Libertadores, algo novo na caminhada alvinegra em jogos decisivos. Victor Luis falou sobre e citou a torcida em grande número com fator especial.

- O que muda é a torcida, um fator especial. Acho que o que muda mesmo é esse fator da torcida em massa, além dos botafoguenses também terem comparecido nos jogos fora de casa. É aquela bola que o cara não correria, mas vê a torcida gritando e acabando dando algo a mais - destacou.

Ainda com o futuro em aberto, Victor Luis não deixa nada influenciar dentro de campo, principalmente nessa altura do campeonato. Identificado com o Botafogo, o jogador, emprestado ao Glorioso pelo Palmeiras, já deixou claro que pela camisa alvinegra ele dará o máximo sempre.

- Eu não deixo interferir dentro de campo. Estarei sendo mentiroso se disser que isso não passa pela cabeça, se vou ou fico. É difícil falar, sou o jogador, mas quem resolve são as diretorias de Botafogo e Palmeiras. Isso será decidido por eles. É complicada essa parte, mas não interfere. Meu desejo é seguir fazendo o meu trabalho aqui, honrando do início ao fim seja lá contra que adversário seja. Meu desejo é fazer uma grande história no Botafogo - encerrou.

O Botafogo de Victor Luis voltará a campo na quinta-feira, às 19h15, no Estádio Nilton Santos. No confronto inicial, vitória por 1 a 0, no Uruguai, com gol de João Paulo.

Marcos Silva