notícia

Passo a passo

Jair Ventura valoriza ponto conquistado no Mineirão e mira decisão na Libertadores
Atualizado em 07-08-2017, 23:35

Mesmo poupando alguns atletas, o Botafogo volta de Belo Horizonte com um ponto somado e uma boa apresentação realizada, diante o Cruzeiro, neste domingo, o que mostra a força coletiva do Alvinegro que segue firme na disputa das três competições possíveis no calendário brasileiro. 

Ciente da importância do ponto conquistado fora de casa e de olho no compromisso decisivo pela Libertadores, Jair falou com a imprensa após a partida. Confira os principais trechos: 

PONTO IMPORTANTE

- Pelas circunstâncias não foi um resultado ruim. Pela grandeza do Botafogo, sim. Conseguimos um empate fora de casa. O objetivo foi alcançado. Apesar do volume maior do Cruzeiro, tivemos a melhor chance com o Marcos Vinícius no fim do jogo.

FORÇA MÁXIMA NA QUINTA

- Temos um grande desafio na quinta-feira e não perdemos nenhum jogador. Não tem nada decidido, temos uma pequena vantagem, mas vamos descansados. Aumenta a probabilidade, estando em uma situação melhor na parte física, para conseguir a classificação na quinta.

MATURIDADE ALVINEGRA

- Temos que viver o hoje. Se ficarmos preocupados com a Libertadores, vamos pagar uma conta no Brasileiro. Estamos três pontos do G-6 e temos totais condições de brigar lá em cima. Nosso time é maduro e já mostramos isso. A gente não se apega ao passado. Nosso grupo é equilibrado, sabemos da nossa força e vamos recuperar esses pontos perdidos.

MÉRITO PARA TODOS 

- Sou um gestor de pessoas e faço o que eu queria que tivessem feito como quando fui jogador. Não posso elogiar apenas um ou outro atleta. Trabalhamos em um esporte coletivo e o resultado é de todos.

REENCONTRO COM EX-JOGADORES

- É bom você, apesar de eu estar no meu primeiro ano de profissional, ter bons amigos. Não só o Sassá, mas também deu uma abraço no Diogo Barbosa. Queria os dois do meu lado ainda, mas o mercado é pesado e hoje eles estão defendendo outra camisa.

Fabio de Paula