notícia

Botafogo 1 x 2 Palmeiras

Fogão perde no Estádio Nilton Santos e segue com 24 pontos
Atualizado em 03-08-2017, 23h40

 

 

 

Não faltou vontade ou garra ao Botafogo. Entretanto, o Palmeiras foi mais eficiente ao fazer um gol no fim de cada de tempo e venceu o jogo por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. Rodrigo Pimpão marcou o gol do Alvinegro, que segue com 24 pontos no Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Cruzeiro, domingo, no Mineirão.

O JOGO

Após a derrota para o São Paulo, o Botafogo entrou em campo disposto a se reabilitar. Com formação parecida à da vitória sobre o Atlético-MG, o Glorioso fez um primeiro tempo equilibrado com o Palmeiras, porém foi castigado no último lance.

No início, o Palmeiras ameaçou em finalizações por cima de Deyverson e Juninho. O Botafogo respondeu em contra-ataque, com lançamento de Roger que chegaria a Pimpão na área, mas a zaga afastou antes.

A rigor, poucas jogadas ofensivas eram produzidas. Até que, aos 29, em alta velocidade, o Palmeiras chegou com Roger Guedes pela esquerda, cruzando rasteiro para Deyverson parar em um milagre de Gatito. Já o Fogão quase marcou na bola parada: João Paulo cruzou e Roger entrou no segundo poste, mas bateu para fora.

Quando o primeiro tempo parecia se encaminhar para o 0 a 0, no último lance Egídio cobrou falta venenosa para a área e Igor Rabello não conseguiu cortar, aos 46. Botafogo 0 x 1 Palmeiras.

Na etapa final, o time visitante começou assustando em cabeçada de Deyverson, para mais uma boa defesa de Gatito. Já com Valencia em campo, o Botafogo foi atrás do empate, que veio aos 9. O meia chileno deu ótimo passe, Roger bateu cruzado, Jailson espalmou e Pimpão empatou de cabeça.

Aos 13, de novo Pimpão de cabeça levou perigo, com Jailson mandando para escanteio. Aos 21, na melhor chance, Rabello recebeu livre na área, dominou, mas a finalização foi travada.

O Palmeiras ameaçou com Dudu e Deyverson, travados providencialmente por Matheus Fernandes e Rabello. O Botafogo quase marcou com Roger, aos 37, em chute que desviou e saiu perto. Porém, no fim, Deyverson aproveitou cruzamento da esquerda e deu a vitória aos visitantes.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Joel Carli, Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Valencia), Bruno Silva, Matheus Fernandes (Guilherme) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger (Brenner). Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos