notícia

Nada vai abalar

Autor de dois gols, Marcos Vinicius pede tranqulidade e mira reação contra o Palmeiras
Atualizado em 30-07-2017, 14:07

O Botafogo acabou derrotado para o São Paulo, por 4 a 3, no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado que impediu a chegada do Glorioso ao G4 do torneio nacional. O tropeço em casa, no entanto, serve de aprendizado para a sequência da temporada, uma vez que a equipe ainda tem pela frente desafios importantes como as semifinais da Copa do Brasil e o jogo de volta das oitavas da Conmebol Libertadores Bridgestone.

O meia Marcos Vinicius, que marcou dois gols no confronto com o Tricolor Paulista, lamentou o revés dentro dos domínios alvinegros. Embora tenha balançado as redes, o jogador afirma que sai de campo com o saldo negativo, já que o objetivo principal sempre é a conquista dos três pontos. Por sua vez, pediu tranquilidade aos jogadores e reforçou a confiança no elenco para o próximo compromisso.

- Poderia ser perfeito pra mim, pelos gols. Isso não importa agora. Bobeamos no fim, eles acabaram conseguindo os gols. O futebol é assim. Ficamos tristes, o jogo estava na mão. Não é um resultado negativo que vai nos abalar. Nosso grupo é muito fechado. Vamos pensar no jogo contra o Palmeiras e buscar a vitória novamente - disse.

Questionado sobre as consequências desta derrota, o apoiador revelou que o técnico Jair Ventura, logo após a partida, no vestiário, reforçou seu apoio aos atletas, chamando a responsabilidade e lembrando que assim como não há oba-oba nos momentos bons, não deve haver desespero nas situações adversas.

- O Jair nos passou confiança. Sabemos que temos o apoio deles. Ele também tem o nosso. Perdemos todos. Aprendemos. Na hora que vencemos, o mérito também é coletivo - frisou.

Fernando Morani