notícia

#DigaNãoAoCambista

Botafogo intensifica fiscalização da meia-entrada para evitar irregularidades
Atualizado em 28-07-2017, 15h00

Em mais uma prática de combate ao cambismo, o Botafogo intensificará a fiscalização de meia-entrada a partir do jogo com o São Paulo, no Estádio Nilton Santos. A conferência dos ingressos passa a ser realizada na entrada das grades de acesso a cada setor, onde o torcedor deve apresentar documento que comprove o direito a meia-entrada.

Todo ingresso de meia-entrada terá o nome do comprador. Caso o torcedor estiver com este tipo de bilhete e não comprovar o direito, deverá retornar à bilheteria e pagar o valor da diferença. A medida visa evitar acessos indevidos e confusão nas catracas, além de ajudar a coibir a compra com cambistas.

De acordo com a Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013, e Lei nº 3364, de 07 de janeiro de 2000, e com limite de 40% da carga de ingressos, a meia-entrada é direito de estudantes, jovens de 12 a 21 anos, adultos de 60 a 64 anos, jovens de baixa renda inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, professores da rede pública municipal de ensino e acompanhantes de PNE.

Botafogo de Futebol e Regatas