notícia

No Nilton Santos é Fogo

Com casa cheia, Botafogo de Jair Ventura lutará para avançar na Copa do Brasil
Atualizado em 25-07-2017, 20:39

Chegou a hora de decidir quem carimba a vaga para a semifinal da Copa do Brasil. A vantagem é mineira pela vitória por 1 a 0 no jogo de ida, mas o Botafogo decidirá a parada em casa e diante do seu torcedor, que já comprou mais de 20 mil ingressos para o jogão desta quarta-feira. Em entrevista coletiva, o treinador Jair Ventura falou da importância da partida e manteve a confiança em seus comandados para levar o Fogão à semifinal da competição nacional.

- Estamos meio que calejados nessa situação. Começamos cedo com o mata-mata por conta da Libertadores e tendo que virar o foco com o Carioca. O Bom que o nosso grupo é muito focado e cada jogo é uma decisão. Entramos muito ligados nas partidas. Claro que agora é diferente, mas o foco é sempre o mesmo. Podem falar qualquer coisa da nossa equipe, mas nunca falta luta e muita disposição. Esse longo tempo entre as partidas é um pouco ruim, mas depois do vídeo que mostramos eles entram no jogo - disse Jair Ventura.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Jair Ventura:

BOTAFOGO JAMAIS ELIMINADO PELO GALO NA COPA DO BRASIL

- Não costumo passar essas situações de tabu. Lógico que quando você pode chegar numa semifinal é mais gostoso. Queremos muito essa classificação. Muita gente fala em merecimento, mas nem sempre no futebol é assim. Muita das vezes nem sempre o melhor vence. Quero deixar claro que a nossa equipe vai lutar muito por essa classificação.

PARA SAIR CLASSIFICADO

- No futebol a história é construída de trás para frente e dependendo do resultado a repercussão pode ser diferente. Ficamos tristes pelo gol sofrido lá, mas agora podemos reverter isso. Nossa torcida já comprou mais de 20 mil ingressos e vamos buscar a classificação.

ADVERSÁRIO FORTE

- O Atlético não vai esperar. Não jogam assim. São qualificados, de grandes valores e automaticamente são ofensivos. Temos a nossa estratégia, não vou falar, mas não espero um adversário jogando no nosso erro.

LUIS RICARDO TITULAR?

- Preocupa bastante a situação do Luis, até pelo tempo de inatividade e os 90 minutos jogados na última partida. Por muita vezes montamos o time pelo que a gente pode e não pelo que a gente acha. Pode ser que ele inicie por uma necessidade ou fique de fora por uma questão fisiológica.

JEFFERSON OU GATITO?

- Já até falaram que eu tenho o meu escolhido, né. O Gatito segue fora por uma questão clínica, ainda não está liberado. Continua o Jefferson.

A IMPORTÂNCIA DE RODRIGO PIMPÃO

- É um jogador importantíssimo durante toda a nossa temporada. Cumpre as funções como poucos, além de ter feito muitos gols em momentos decisivos. Importante contar com ele para irmos com força máxima contra o Atlético.

SEM SOFRIMENTO

- Espero que não. Meus cabelos brancos vão aumentar. Não queremos sofrer. Com o Botafogo não tem que ser tudo sofrido. A minha maior preocupação nesse jogo é não sofrer gols. O Atlético é uma equipe de DNA ofensivo. O Robinho pode perder um gol, mas na outra chance ele faz. Vamos correr riscos por ser uma situação de mata-mata, mas está tudo em aberto. Temos a nossa força, nossa torcida e vamos fazer o máximo para conseguirmos essa classificação.

Confira a galeria de fotos de Vitor Silva / SS Press / Botafogo!



Marcos Silva