notícia

Tite no Estádio Nilton Santos

Técnico da Seleção Brasileira assiste à vitória do Botafogo sobre o Sport
Atualizado em 18-07-2017, 10h45

Dos mais de 17 mil presentes na vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Sport, um chamava atenção. O técnico da Seleção Brasileira, Tite, ao lado do preparador físico Fábio Mahseredjian, compareceu ao Estádio Nilton Santos para seguir sua rotina de análise de jogos e de atletas.

Solícito e simpático, o treinador atendeu torcedores e parou para fotos nos corredores no estádio, antes de subir para a cabine de imprensa Guilherme Van der Laars, onde assistiu à partida.

Questionado pelos jornalistas se foi analisar algum jogador especificamente, Tite explicou o motivo de sua presença.

- O Botafogo está fazendo uma grande campanha, o Sport vem se recuperando. É muito diferente poder assistir a um jogo ao vivo, no estádio, sentindo a atmosfera e podendo analisar toda a movimentação, não apenas números frios. Não venho com a ideia de ver jogador A ou B, venho ver o que o jogo tem a mostrar e o desempenho dos atletas em geral - afirmou.


Tite entrou ao vivo no intervalo da transmissão do jogo no SporTV

No estádio do Botafogo, é claro, não poderiam faltar perguntas sobre os jogadores alvinegros, como Jefferson e Bruno Silva. Ponderado e correto, Tite evitou análises individuais, mas deixou um recado para todos os jogadores brasileiros, visando a Copa do Mundo 2018.

- Ainda há tempo para todo mundo. Mas é preciso manter uma regularidade e uma sequência de jogos, não apenas jogar bem durante 15 dias - disse, antes de falar sobre Jefferson.

- O mais importante é ver o atleta com saúde, o alto nível tem essa exigência para poder desempenhar tecnicamente. A qualidade técnica dele, assim como a do Gatito, é inquestionável. O Jair está com um bom problema - brincou.

Na cabine, Tite recebeu ainda o gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, a quem elogiou pelo trabalho desenvolvido. No fim, deve ter saído com uma boa impressão do Alvinegro, que venceu mais uma e chegou ao G-6 do Campeonato Brasileiro.

Danilo Santos