notícia

Demorou

Botafogo reage mas é superado no JOGO 2 pelas finais da Liga Ouro
Atualizado em 22-06-2017, 23:30

Jogando no Oscar Zelaya lotado, mais uma vez, o Botafogo foi superado pelo Joinville por 76 a 68 na noite desta quinta. Mesmo em noite inspirada de Jamaal, com 30 pontos, e uma reação após sair atrás no primeiro quarto, a equipe viu os catarinenses empatarem a série em 1 a 1.

O Alvinegro entrou em quadra decidido a ampliar a vantagem na série mas os catarinenses mostraram que a tarefa não seria fácil e venceram o primeiro quarto por 25 a 15. Márcio utilizou seu banco no segundo período e o time, sob comando de Arnaldinho com 9 pontos, teve sua melhor apresentação no jogo. Diminuindo a vantagem e se mantendo vivo no confronto, o Fogão foi para o intervalo superado por 41 a 36 e sob os gritos de “ Vamos virar Fogo” vindo das arquibancadas.

Maduro dentro de quadra e acostumado com adversidades, o Glorioso voltou para o segundo tempo com uma defesa mais forte e total superioridade nos rebotes. Só no terceiro quarto foram 15 contra 4. Jamaal chamou a responsabilidade e fez 10 pontos, acertando todos os arremessos, para se firmar como cestinha do jogo. Porém, do outro lado o Joinville conseguiu superar a pressão do Botafogo e seguiu na frente, terminando o terceiro quarto em 62 a 53.

A desvantagem não abalou os jogadores do Botafogo no último quarto e o empate, em 64 a 64, veio na metade da etapa. Abner, maior reboteiro da partida com 9, deu um tapinha na bola e deixou tudo igual em General Severiano levando a torcida ao delírio. Porém, a reação terminou exatamente aí e os visitantes voltaram a superioridade até fechar o placar em 76 a 68.

(FOTOS: Satiro Sodré/ SS Press/ Botafogo)

Final da Liga Ouro, JOGO 2

Márcio Andrade valorizou a reação da equipe e a luta até os últimos segundos do confronto.

- Defendemos mal no primeiro quarto,  nosso time ansioso querendo resolver e isso nos tirou boas possibilidades. O importante foi que o time reagiu, mostrou pegada e não abandonou o jogo em nenhum momento. Já conversamos no vestiário, todos eles entenderam o que aconteceu e agora vamos trabalhar visando o jogo 3. Como eu já disse, não podemos comemorar muito as vitórias e nem ficar remoendo as derrotas nos playoffs.

Mesmo com o resultado adverso, o Botafogo teve seu melhor desempenho nos lances livres na Liga Ouro. Márcio destacou o trabalho nos treinos.

- Treinamos, treinamos bastante e isso tem que refletir dentro de quadra. Esse grupo é muito bom, muito bom de trabalho e nossa tendência é sempre melhorar. É com esse espírito de melhora que vamos para Santa Catarina fazer esses dois jogos.

Agora empatados na série, Botafogo e Joinville se enfrentam neste domingo, às 11h, em Santa Catarina. Confira as datas dos próximos encontros.

finalligaouro

 

Walner Junior