notícia

Pólo Aquático

Botafogo fica em segundo no Open Brasil e coloca 2 jogadores na seleção do campeonato
Atualizado em 19-06-2017, 13:30

O Botafogo encerrou sua participação no Open Brasil de Pólo Aquático neste domingo, superado na final pelo Fluminense por 12 a 9. Slobodan Soro recebeu o prêmio de goleiro menos vazado e melhor jogador da competição, enquanto Stéfano Luongo foi o artilheiro. Ambos atletas integraram a seleção do campeonato.

Iniciando a partida num ritmo forte,  o time das laranjeiras começou melhor e abriu 3 a 1 no placar. Com a pontaria calibrada de um artilheiro, Stéfano marcou duas vezes, empatou para o Alvinegro e incendiou o Maria Lenk. Nos últimos minutos do primeiro tempo, o clássico vovô ganhou contornos emocionantes com bolas na trave, grandes defesas dos goleiros, um gol do Fluminense e  um chute de Soro na rede que foi invalidado pela arbitragem.

Comandados por Stéfano no ataque, o Alvinegro se lançou para frente com tudo na busca pelo empate, balançou as redes adversárias por vezes mas não alcançou novamente igualdade no palcar. Ao fim do jogo, vitória por 12 a 9 para os tricolores e segundo lugar para o Botafogo.

Experiente, com passagens por muitos clubes e seleções olímpicas, Slobodan Soro foi eleito o MVP do Open Brasil, goleiro menos vazado e integrante da seleção do Campeonato. Soro destacou o espírito de luta e evolução do time.

- Foi um torneio bom pra gente. Melhoramos nosso jogo durante as partidas mas na final o Fluminense conseguiu ser melhor e nos superou nos últims três minutos. O título não veio mas fico contente com o clube, com meus companheiros e com os dirigentes que fizeram tudo para alcançar o primeiro lugar. 

A equipe volta a disputar competições oficiais em agosto, pela Liga PAB.

Walner Junior