notícia

Poder de fogo

Em busca do equilíbrio, Jair pede Botafogo decisivo para bater o Coritiba
Atualizado em 09-06-2017, 13:00

O Botafogo tem mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, contra o Coritiba, às 11h, no Estádio Nilton Santos. E para conquistar a terceira vitória em casa no torneio, o técnico Jair Ventura espera que o poder de decisão de sua equipe esteja afiado. Confiante, por sua vez, o treinador reconheceu que precisa melhorar os números no setor ofensivo, mas reforçou o potencial de seus jogadores.

- Buscar o equilíbrio. Realmente não vivemos um bom momento na frente. Temos apenas três gols, todos de volantes. Preocupa pela dificuldade do Brasileiro. Mas confio em meus atacantes, sei que vão ser decisivos.  O Roger veio falar comigo, disse pra ele que foi decisivo em outros momentos, como na Copa do Brasil. O Pimpão na Libertadores. Aqui não tem vilão, a responsabilidade é minha - disse

Confira outros pontos citados por Jair Ventura:


INÍCIO NO BRASILEIRÃO

- Falando da nossa projeção a gente faz jogo a jogo. Nós não programamos pontuação. A gente trabalha pensando em casa partida. Temos que jogar bem fora de casa. Conseguimos vitórias em casa, precisamos vencer fora, se almejamos voos maiores. Ano passado foi assim. Fiquei feliz porque vi vocês da imprensa falando que o Botafogo foi melhor que o Santos. Não sou o dono da verdade, mas ouvir que todos concordam que fomos superiores é legal. Ficou a sensação ruim, pois fizemos um jogo muito equilibrado -

CORITIBA

- Eles têm sete atacantes para definir. O terço final me preocupa. Isso é um ponto positivo deles. É uma situação pra ficar ligado, é um time leve. Vejo o Coritiba, pelo elenco, pela força, com tudo para fazer um grande Brasileiro -

CAMILO, GATITO E MONTILLO

- Camilo segue fora, não está treinando nem no campo. Gatito, se não der nenhum imprevisto, jogo normalmente. Montillo não posso cravar se começa jogando, pois o Coritiba está de olho na gente. Mas é uma possibilidade -


RABELLO GANHOU A VAGA?

- Com o Rabello ganhamos mais um jogador. É difícil cravar a titularidade, porque desmotiva os demais. Os únicos titulares aqui no Botafogo são a torcida e o presidente -

GOLS PERDIDOS NOS ÚLTIMOS JOGOS

- Tem que passar confiança para eles. Ninguém fica mais triste que o próprio jogador. Aqui não tem vilão, a responsabilidade sempre é minha -

ARMAR O TIME COM DESFALQUES

- Não é legal. É gratificante por um lado, quando conseguimos manter o mesmo padrão. As peças mudam e a parte tática continua igual. Eles são muito obedientes -

MARCOS VINICIUS

- Vai ajudar bastante. É um jogador de bastante força. É um meia que chega na área, com um passe muito bom. Consegue ir bem no drible de um contra um e possui o passe de um meia clássico. Está vindo de situações de lesões, vai demorar um pouco, mas por ser forte e jovem a recuperação é mais rápido. É um grande reforço -

NOVAMENTE JOGO ÀS 11H

- Pra torcida é maravilhoso, mas pra gente que trabalha é diferente. Acordar cedo, tem que comer macarrão, frango, 7h da manhã. Ainda não vencemos de manhã, vamos buscar essa vitória no domingo -

JEFFERSON

- O Jefferson é um grande jogador, tem uma história linda dentro do Botafogo, mas já conversou comigo. Quer ser tratado igual a todos. Vai esperar a oportunidade. A meritocracia serve pra todos. Estamos dando o tempo dele, ele precisa de confiança, quando eles estiver confortável vai ser relacionado. Ele se cobra muito -

MATHEUS FERNANDES

- o Matheus é diferente. Tem que amarrar esse menino de qualquer jeito. Ele é nível Europa. Gostei bastante dele nesses últimos jogos. Um baita profissional, com a sequência vai ficar melhor ainda -

Confira as imagens do treino desta sexta-feira. Fotos de Vitor Silva / SS Press / BFR


Fernando Morani