notícia

Nota de Pesar

Clube lamenta a morte do ex-jogador Cacá, aos 84 anos
Atualizado em 07-06-2017, 17h11

É com grande tristeza e profundo pesar que o Botafogo de Futebol e Regatas comunica o falecimento, nesta quarta-feira, de Carlos Castro Borges, ou carinhosamente Cacá, brilhante lateral-direito do Glorioso e integrante do esquadrão de craques mundialmente conhecido por diversos títulos na década de 60. Cacá nos deixa aos 84 anos.

Além de um currículo vitorioso no Botafogo, formou-se em Engenharia e se destacou por ser um amigo fiel e inseparável do ídolo Nilton Santos. Com a rica e verdadeira amizade, tornou-se uma espécie de 'consulta obrigatória' quando se tratava da biografia do maior lateral-esquerdo de todos os tempos.

Mesmo com passagens marcantes por outros clubes, Cacá nunca escondeu a sua preferência. Nos últimos momentos de vida, foi indagado pelo médico de plantão sobre qual o clube do seu coração.

- É óbvio que sou botafoguense - respondeu.

O Botafogo decreta luto de 3 dias e o seu pavilhão, na sede de General Severiano, encontra-se a meio-mastro. O Clube manifesta solidariedade aos amigos, familiares e torcedores sentidos com a grande perda.

O sepultamento será nesta quinta-feira (8/6), às 10h30, no Cemitério São João Batista.

caca1ARQUIVO: Nilton Santos recebe o carinho dos amigos de toda vida: Cacá (esquerda) e Adalberto Leite
 

Botafogo de Futebol e Regatas